Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Crianças menores de um ano têm alto risco para a Covid-19, alerta pediatra

    À CNN Rádio, Isabella Ballalai reforçou que a população pediátrica também é afetada pela doença e, portanto, precisa ser vacinada

    Vacinação contra a Covid-19
    Vacinação contra a Covid-19 Tânia Rêgo/Agência Brasil

    Amanda Garciada CNN

    A pediatra e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações Isabella Ballalai fez um alerta sobre a necessidade de se vacinar a população pediátrica contra a Covid-19.

    As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro deram início nesta quinta-feira (17) à imunização de crianças com comorbidades entre seis meses e três anos de idade.

    À CNN Rádio, Ballalai destacou que não era possível começar a vacinação por este grupo no início da pandemia, mas que isso não significa que o risco não existia para esta parcela da população.

    “Crianças e adolescentes de 0 a 19 anos internam e morrem de Covid”, destacou.

    Segundo ela, dentre esses registros, “70% dos internados não tinham comorbidades e 50% das mortes dentro desses casos não tinham comorbidades.”

    “Principalmente menores de um ano têm um alto risco para Covid-19″, completou.

    Isabella Ballalai destacou que as doses pediátricas da Pfizer são seguras e que a proteção do imunizante está mantida, apesar do aparecimento de novas variantes.

    “A proteção contra as novas variantes se mantém e contra mortes e hospitalização é alta”, disse.

    Ao mesmo tempo, ela lembra que 90% das mortes por Covid-19 acontecem em pessoas que não estão adequadamente vacinadas.

    “Isso significa que todos com mais de 12 anos precisam de ao menos uma dose de reforço”, lembrou.

    *Com produção de Isabel Campos