Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dia Mundial do Leite: veja cinco pontos importantes sobre o alimento

    Depois das vacas, as búfalas produzem 14% do leite mundial, seguidas das cabras com 2%, ovelhas com 1% e fêmeas de camelos com 0,3%

    Qualidade geral da dieta de uma pessoa é fundamental para fazer recomendações sobre consumo de leite
    Qualidade geral da dieta de uma pessoa é fundamental para fazer recomendações sobre consumo de leite Foto: Pexibear/ Pixabay

    Mariana Toro Nader, CNN

    Ouvir notícia

    O leite integral é geralmente conhecido por fornecer cálcio e contribuir para o desenvolvimento das crianças. Outras pessoas, no entanto, tem optado por leites de origem vegetal. Mas existem outros fatos que você pode não saber sobre este alimento.

    Nesta terça-feira (1º), Dia Mundial do Leite, aqui estão alguns pontos importantes: 

    Búfalas produzem 14% do leite mundial e fêmeas de camelos 0,3%

    As vacas respondem por 83% da produção mundial de leite, segundo dados de 2016 da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês). No entanto, outras espécies também contribuem para a produção mundial.

    Depois das vacas, as búfalas produzem 14% do leite mundial, seguidas das cabras com 2%, ovelhas com 1% e fêmeas de camelos com 0,3%. 

    O leite fornece cálcio, sim, mas também outras vitaminas e minerais

    Além do cálcio, o leite integral fornece magnésio, selênio, riboflavina e vitaminas B12 e B5. Mas por que eles são importantes?

    Conforme explicado pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH, na sigla em inglês), o magnésio “regula a função dos músculos e do sistema nervoso, os níveis de açúcar no sangue e a pressão arterial”, além de “ajudar a construir proteínas, massa óssea e DNA. “

    Por sua vez, o selênio é um nutriente “importante para a reprodução, o funcionamento da glândula tireóide, a produção de DNA e a proteção do organismo contra infecções e danos causados pelos radicais livres”.

    Benefícios do consumo de leite dependem da sua idade, saúde e sexo, dizem estudo
    Benefícios do consumo de leite dependem da sua idade, saúde e sexo, dizem estudos
    Foto: Couleur/ Pixabay

    A riboflavina, também conhecida como vitamina B2, é importante para o crescimento e funcionamento das células, pois ajuda a converter os alimentos em energia, segundo o NIH. A vitamina B12, afirma o instituto, ajuda a manter os neurônios e as células sanguíneas saudáveis, ajuda também a produzir DNA e previne a anemia megaloblástica.

    Por último, a vitamina B5, também chamada de ácido pantotênico, ajuda a converter alimentos em energia e é importante para a fabricação e decomposição de gorduras.

    Nas últimas 3 décadas, a produção de leite na Ásia aumentou 241%

    O maior produtor de leite do mundo, segundo dados da FAO, não são os Estados Unidos (que estão em segundo lugar, com 12% da produção mundial), mas a Índia, com 20%.

    Segundo a entidade, Índia, Estados Unidos, Paquistão, China, Brasil, Alemanha, Rússia, França, Nova Zelândia e Turquia produzem cerca de 62% do leite do mundo.

    Entre 1986 e 2016, a produção global de leite aumentou 53%. Mas o crescimento é ainda mais impressionante na Ásia, onde cresceu 241% em 30 anos.

    Um copo de 250 ml de leite de vaca fornece calorias e proteínas para crianças

    Como explica a FAO, um copo de 250 mililitros de leite de vaca integral pode fornecer 48% das necessidades proteicas de uma criança de 5 ou 6 anos. Além de 9% das calorias e micronutrientes fundamentais para o desenvolvimento.

    A América do Norte é o maior consumidor de leite per capita

    De acordo com os números da FAO, atualizados pela última vez em 2013, a América do Norte consome 250 kg de leite per capita por ano.

    É seguida pela Austrália e Nova Zelândia, com cerca de 220 kg per capita por ano, e pela Europa, com cerca de 210 kg per capita por ano.

    (Esse texto é uma tradução. Para ler o original, em espanhol, clique aqui)

    Tópicos

    Mais Recentes da CNN