Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Estado de São Paulo estuda desobrigar máscaras em locais abertos em até 20 dias

    Em coletiva nesta quarta-feira (17), governo do estado divulgou que 56% dos hospitais de SP não têm pacientes internados com Covid-19

    Bruna Macedoda CNN em São Paulo

    Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (17), governo do estado de São Paulo anunciou que, entre 10 e 20 dias, deverá desobrigar o uso de máscaras em ambientes abertos e sem aglomeração.

    O Comitê Científico do Governo do Estado de São Paulo prevê que, neste intervalo de tempo, seja possível que os índices da pandemia alcancem os patamares exigidos para que a flexibilização possa ser feita com segurança.

    Durante a coletiva, foi divulgado que, neste momento, o estado tem 22% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva para Covid-19 ocupados. No que diz respeito à grande São Paulo, o número é de 28%. Ao todo, 56% dos hospitais de São Paulo não têm mais pacientes internados com a Covid-19. 

    Terceira dose em SP

    De acordo com coordenadora do Plano Estadual de Imunização de São Paulo, Regiane de Paula, São Paulo aplicará como terceira dose qualquer um dos imunizantes aprovados pela Anvisa no Brasil e que estiverem disponíveis nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e nas AMAs (Atendimento Médico Ambulatorial), incluindo a Coronavac, que não estava na programação do Ministério da Saúde para ser utilizada como reforço.