Estado de São Paulo ultrapassa 3 milhões de infectados pela Covid-19

Em 24 horas, em todo o estado foram registrados 5.785 casos e 150 mortes em decorrência do novo coronavírus

André Rosa, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Dados do boletim Covid-19 do Estado de São Paulo divulgados neste domingo (9) mostram que, desde o início da pandemia, São Paulo já contabiliza 3.003.067 casos e 100.799 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

A marca dos 3 milhões de casos foi atingida 73 dias depois de o estado ultrapassar os 2 milhões de infectados, em menos tempo que a marca do primeiro ao segundo milhão, de 143 dias.

O painel do Centro de Pesquisa sobre o novo coronavírus da universidade americana John Hopkins mostra que, se fosse um país, São Paulo seria o 12º no mundo no número de casos de Covid-19. O estado tem mais casos que países como Colômbia, Polônia e México, por exemplo.

Estado ultrapassou 100 mil mortes no sábado

São Paulo ultrapassou a marca de mais de 100 mil pessoas mortas pela Covid-19 neste sábado (8). Apesar do número de mortes e de infectados pela Covid-19, por dia, apresentar um pequeno decréscimo nas últimas semanas, a velocidade da letalidade do vírus nessas últimas 50 mil mortes impressiona. 

O estado de São Paulo levou 307 dias para chegar às primeiras 50 mil mortes. No entanto, em 108 dias, superou os 100 mil óbitos. 

Movimento na Paulista
Estado ultrapassou 100 mil mortos pela Covid-19 e mais de 3 milhões de casos
Foto: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Brasil ultrapassou 420 mil mortes por Covid neste final de semana

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou mais 1.024 mortes por Covid-19, de acordo com boletim divulgado neste domingo (9) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). No total, 422.340 pessoas já morreram no país em decorrência da Covid-19 desde o início da pandemia.

Ainda segundo o Conass, o Brasil registrou nas últimas 24 horas mais 38.911 casos de Covid-19, levando a um total de 15.184.790 infecções confirmadas desde que a pandemia começou.  

 

Mais Recentes da CNN