Estamos criando variantes da Covid em países pobres, diz ex-presidente da Anvisa

Em entrevista à CNN, Gonçalo Vecina disse que falta de vacinação cria variantes do novo coronavírus em países mais pobres

Raphael Buenoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Gonçalo Vecina disse, em entrevista à CNN nesta sexta-feira (26), que a falta de vacinação cria variantes do novo coronavírus em países mais pobres.

Nós estamos permitindo que o vírus se reproduza no mundo inteiro. Estamos nos protegendo no Brasil, Europa e Estados Unidos e criando variantes nos países pobres

Gonçalo Vecina, ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Segundo Vecina, a variante Ômicron não é mais letal do que anteriores, porém, é potencialmente mais contagiosa.

“Essa variante, ao que tudo indica, poderá ser mais disseminante. Eu não digo que seja mais letal, mas ela consegue se espalhar mais pelas características de onde ela veio”, afirmou.

O ex-presidente da Anvisa disse também que existe o risco dessa nova variante ser resistente às vacinas e que, por isso, estudos são necessários.

“Existe a possibilidade que esse vírus seja resistente a uma das quatro vacinas que usamos no Brasil, ou fora do Brasil também, porque elas têm a mesma tecnologia. Temos que olhar rapidamente para isso, e, se tiver que mexer, mexer nas vacinas e atualizar a nossa vacinação”, concluiu Vecina.

Mais Recentes da CNN