Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Esteve em praias ou aglomerações? Saiba como evitar ser vetor da Covid-19

    Márcio Sommer Bittencourt, mestre em Saúde Pública, falou à CNN sobre cuidados que as pessoas devem tomar após celebrações de fim de ano

    Da CNN, em São Paulo

    O constante registro de aglomerações em festas e praias brasileiras acende o alerta para o possível aumento do número de casos da Covid-19 no início do ano. Por isso, o médico Márcio Sommer Bittencourt, mestre em Saúde Pública, diz que o essencial é evitar contato próximo com demais pessoas ao retornar de viagens ou exposições a ambientes de risco.

    “O que pode ser feito, se você se expôs, é evitar passar pra frente. A única coisa que controla a pandemia é parar de transmitir, então, se alguém se expôs, a recomendação correta é afastá-lo do contato das outras pessoas o máximo possível por 14 dias depois da exposição”, explicou o especialista.

    Leia também:

    Festas lotam praias do Rio de Janeiro em meio a aumento de mortes por Covid-19
    Adeus, 2020: saiba quantos feriados te aguardam em 2021

    Em entrevista à CNN, Bittencourt ressaltou que o cuidado deve ser redobrado para quem tem idosos em casa.

    “Quem mora com os pais idosos, o ideal é ficar em outro recinto ou outro comôdo o tempo inteiro, não entrar em contato com eles. Se precisar entrar em contato, tem que usar o máscara, falar o mínimo possível, na maior distância possível e em área aberta.”

    “Nosso potencial de piora [nos números de casos] é nas próximas semanas. Intensificar todas as medidas que controlam a transmissão evitam quue você seja o vetor que leva a doença para outras pessoas”, recomendou o médico.

    Veja cuidados após se expor a aglomerações:

    – Ficar isolado ou minimizar contato com outras pessoas, incluindo familiares, por 14 dias;

    – Se tiver idoso em casa, usar máscara e manter o distanciamento ao conversar com ele; se possível, dormir em cômodo separado por 14 dias;

    – Se precisar sair de casa, usar máscara, manter distância de 2 metros de outras pessoas e ficar sempre em local aberto;

    – Ao qualquer sinal de sintomas da Covid-19, procurar orientação médica.

     

    (Publicado por Luiz Raatz)

    Banhistas na orla de São Sebastião, neste domingo (6)
    Banhistas em praia de São Sebastião durante a pandemia de Covid-19
    Foto: Divulgação/Prefeitura de São Sebastião