Europa avalia aplicar terceira dose da Pfizer em maiores de 16 anos

Agência Europeia de Medicamentos já está fazendo uma outra análise sobre a possibilidade de usar o reforço em pessoas imunocomprometidas

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) avalia a possibilidade de aplicar uma terceira dose da vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 em maiores de 16 anos. A agência analisa o pedido feito pela própria farmacêutica. A dose de reforço seria oferecida seis meses após a aplicação da segunda dose.

Em comunicado, a EMA afirmou que um comitê especializado fará uma análise acelerada dos dados enviados. Isso inclui um ensaio clínico feito pela empresa, no qual 300 pessoas receberam a terceira dose.

A agência europeia já está fazendo uma outra análise sobre a possibilidade de usar o reforço em pessoas imunocomprometidas. Não há previsão de quanto tempo essa avaliação deve durar.

Terceira dose no mundo

A aplicação da terceira dose contra a Covid-19 já é uma realidade em diferentes países, como Estados Unidos, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, França, Israel, República Dominicana, Rússia e Uruguai.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reforça que os países devem aguardar a aplicação da terceira dose até que um maior número de pessoas tenha sido imunizado com pelo menos uma dose das vacinas. Em anúncio à imprensa realizado na segunda-feira (23), o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a prioridade deve ser dada ao aumento dos índices de vacinação em países onde apenas 1% ou 2% da população recebeu os imunizantes.

(publicado por Fernanda Colavitti)

Mais Recentes da CNN