Inglaterra investiga nova variante do coronavírus proveniente de ilha no Caribe

Segundo as autoridades britânicas, a variante B.1.324.1 foi identificada em dois casos que tiveram passagem por Antígua

Segundo a Public Health England (PHE), que investiga os casos desde 4 de março, a variante ainda não foi classificada como 'preocupante'
Segundo a Public Health England (PHE), que investiga os casos desde 4 de março, a variante ainda não foi classificada como 'preocupante' Foto: REUTERS/Thomas Peter

Zahid Mahmood, da CNN

Ouvir notícia

A Inglaterra investiga uma possível nova variante do coronavírus descoberta após dois casos positivos identificados no sudeste do país. De acordo com a agência de saúde pública do governo britânico, Public Health England (PHE), que investiga os casos, essa é a primeira vez que a variante é identificada no país e as duas pessoas que testaram positivo haviam viajado recentemente para Antígua, uma ilha localizada no mar do Caribe.

De acordo com a agência, a variante B.1.324.1 foi designada como “sob investigação” em 4 de março e, por enquanto, não está sendo classificada como “preocupante”.

“A variante contém as mutações de spike E484K e N501Y, ambas geralmente associadas a Variantes de Preocupação (VOC), no entanto, não apresenta deleções específicas que levariam a uma designação como VOC”, disse o comunicado da PHE.

A PHE acrescentou que as equipes de rastreamento de contatos concluíram investigações completas para identificar e acompanhar quaisquer contatos próximos e nenhum caso adicional foi encontrado até o momento. 

*Esse texto é uma tradução. Para ler o texto original, em inglês, clique aqui.

Mais Recentes da CNN