Laboratório Aché investe R$ 5 milhões em pesquisa de prevenção contra a COVID-19

A presidente da empresa, Vânia Machado, explicou que a Aché ataca em cinco frentes, todas dedicadas a fornecer melhores condições no combate à doença

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O laboratório farmacêutico Aché não ficou alheio à crise do coronavírus e decidiu se movimentar para utilizar sua capacidade para produzir materiais extremamente necessários para o combate à doença. Em entrevista para a CNN, a presidente da Aché, Vânia Machado, explicou que a empresa ataca em cinco frentes, todas dedicadas a fornecer melhores condições na luta contra a COVID-19.

“É neste momento de dificuldade que nós como empresa solidária temos que prestar apoio à sociedade. Assim, decidimos atuar em cinco frentes: primeiro desenvolvendo um estudo dos impactos de um corticoide produzido pela Aché no alívio de doenças respiratórias, pesquisa de cerca de R$ 5 milhões, que a Aché está financiando. Esperamos ver os resultados em maio”, diz Vânia, que também explicou que outra frente de ajuda do laboratório está na produção de álcool em gel para ser doado para as populações carentes de estados onde a situação é grave.

“Já produzimos 400 mil unidades que serão distribuídas para populações carentes. Também doamos 480 mil unidades de paracetamol e dipirona para os estados de São Paulo, Pernambuco, Alagoas e Manaus, além de termos doado 75 mil unidades de kits de proteção individual para hospitais. Por último, estamos trabalhando com kits de doação e kits diagnósticos para nossos colaboradores”.

Segundo Vânia, as ações visam cumprir o propósito da empresa, que é de “ajudar na vida das pessoas”.

Mais Recentes da CNN