Liberação de máscaras não significa que pandemia acabou, diz Gorinchteyn

Secretário estadual de saúde de São Paulo reforçou que o uso das máscaras de proteção deve permanecer em locais fechados

Pedro ZanattaLayane Serranoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do estado de São Paulo, disse que “é importante que a mensagem não se confunda. A liberação das máscaras em áreas externas não pode significa que a pandemia acabou”.

O governo de São Paulo anunciou, no começo da tarde desta quarta-feira (24), que vai desobrigar o uso de máscaras de proteção em espaço aberto a partir de 11 de dezembro.

Questionado sobre quais os critérios utilizados para que o comitê científico aprovasse a flexibilização, o secretário afirmou que “o porcentual de internações é o valor que deve ser utilizado como o melhor parâmetro”, já que o número de óbitos pode ser retido em determinados dias e sofrer variações, de acordo com Gorinchteyn.

Campanha de vacinação

O secretário também reforçou a campanha de vacinação que será feita entre os dias 1º e 10, para levar aos postos quem está com doses da vacina da Covid-19 em atraso.

“Quem mais circula é o público jovem, com idade entre 12 e 29 anos. Justamente o público que apresenta grande porcentagem dos que ainda não tomaram a segunda dose”.

O fim da obrigação no estado deve acontecer, portanto, no segundo sábado de dezembro. Segundo o governador, o estado deve alcançar 75% da população vacinada com pelo menos duas doses nesta quinta-feira (25) e até 30 de novembro deve ultrapassar os 80%.

Gorinchteyn reiterou a importância da vacinação, uma vez que a vacinação é a “forma de diminuir o impacto da transmissão, diminuir o risco de gravidade da doença e ao mesmo tempo da própria mortalidade”, disse.

Prefeituras decidem

Os municípios do estado escolhem se vão seguir ou não a decisão do governo. Isso porque, as medidas de combate à pandemia seguem vigentes e exigem que sejam cumpridas sempre as orientações mais restritivas quando há desacordo entre prefeituras e governo estadual.

Portanto, as prefeituras que não desobrigarem o uso da máscara em espaço aberto terão sua determinação como a oficial, mesmo que o estado tenha determinado o contrário.

(*Com informações de Tainá Falcão e Bruna Macedo, da CNN)

Mais Recentes da CNN