Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Médica toca violão e canta para pacientes internados por Covid-19 em SP; assista

    No quadro Correspondente Médico, neurocirurgião Fernando Gomes explicou como a música pode ajudar na saúde mental de pessoas internadas em UTIs

    Daniel Corrá,

    da CNN, em São Paulo

    Ouvir notícia

    Em vídeo compartilhado nas redes sociais, a médica Bruna Falluh aparece cantando e tocando violão para pacientes internados com Covid-19. A profissional de saúde faz residência em um  hospital de São Paulo e, à CNN, ela disse que quis levar uma mensagem de esperança para os pacientes e colegas de trabalho.

    “Eu queria trocar aquela sinfonia dos aparelhos por uma música, por algo que trouxesse esperança e uma nova mensagem: ‘vocês não estão sozinhos, nós estamos lutando junto com vocês”, contou.

    “Eu queria honrar a minha equipe naquele momento, que vem vindo de dias tão difíceis e, também, representar as famílias dos nossos pacientes que estão internados. Queria levar aquela sinfonia de esperança para eles.”

    Na edição desta quarta-feira (31) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes explicou como a música pode ajudar na saúde mental de pessoas internadas em leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

    médica Bruna Falluh
    A médica Bruna Falluh surpreendeu pacientes e colegas ao tocar violão em ala com internados da Covid-19 em hospital de São Paulo
    Foto: Reprodução/CNN Brasil (31.mar.2021)

    “No passado, a música sempre foi utilizada como forma terapêutica. Até hoje existe um curso superior de Musicoterapia. Para quem já passou por uma UTI sabe que é um ambiente com apitos e alarmes, que não dá para descansar, tanto quem está internado como também a equipe médica. É um desafio”, comentou o médico. “Quando se coloca música, se convida todo mundo a mudar o padrão mental de sensações e emoções, e sabemos que isso impacta no cérebro de forma positiva”, completou.

    Mais Recentes da CNN