Paes diz que deve flexibilizar medidas restritivas no Rio a partir de 5 de abril

Prefeito afirmou que espera aval de Secretaria de Saúde para tomar decisão. Recesso sanitário teve o intuito de reduzir o avanço da Covid-19

A data estipulada para a retomada gradual da economia no município será um dia seguinte ao fim do recesso sanitário
A data estipulada para a retomada gradual da economia no município será um dia seguinte ao fim do recesso sanitário Foto: Daniel Resende/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Marcela Monteiro e Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou que pretende flexibilizar as medidas restritivas para conter o avanço da pandemia de Covid-19 a partir de segunda-feira (5) na capital fluminense. A data estipulada para a retomada gradual da economia no município será um dia seguinte ao fim do recesso sanitário, que teve início na última sexta-feira (26) e se encerra no domingo de Páscoa (4).

Paes informou que a decisão sobre a flexibilização do comércio será anunciada nesta sexta-feira (02), quando ocorrerá a divulgação do boletim epidemiológico semanal sobre o avanço da Covid-19 na cidade do Rio. Ele disse ainda que vai deliberar sobre as medidas em conjunto com o Comitê Científico.

“A gente quer flexibilizar a partir de segunda-feira. Estamos definindo essas regras, vamos aguardar um pouco mais os dias caminhando. Provavelmente na sexta-feira, a gente deve anunciar, se Deus quiser, essa flexibilização”, explicou o prefeito. 

A declaração foi feita nesta terça-feira (30) durante a inauguração de um posto de vacinação contra o novo coronavírus no Museu da Justiça, Centro do Rio. 

“Eu disse que as restrições que nós estávamos impondo teriam uma data para começar a uma data para terminar. À medida que a gente avança nisso, quanto mais as pessoas se preservarem, respeitarem essas regras nesses dez dias, mais a gente poderá flexibilizar a partir de segunda-feira.”, ressaltou durante a agenda desta manhã. 

A Prefeitura do Rio divulgou um novo calendário de vacinação contra a covid para o mês de abril. Até o dia 24 do próximo mês, serão imunizadas, gradativamente, as pessoas com até 60 anos. Paes se disse otimista com a campanha de vacinação no Rio de Janeiro e garantiu que, no momento, não faltam insumos no combate à pandemia.

Mais Recentes da CNN