Paraná confirma paciente com cepa originária da Índia

Brasil já registrou nove ocorrências desta nova variante do coronavírus

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Paraná confirmou nesta quarta-feira (2) o primeiro caso da variante originária da Índia de Covid-19. A paciente é uma mulher de 71 anos, residente do município de Apucarana.

Até o momento, o Brasil já registra nove casos da nova cepa: os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Maranhão também notificaram infectados com a mutação. Outros três casos suspeitos são monitorados pelas autoridades de saúde. No Rio Grande do Norte, um homem com suspeita da infecção pela variante morreu nesta quarta-feira.

Este caso do Paraná pode ser o primeiro caso do Brasil de uma pessoa contaminada sem ter relação direta com a Índia. 

Segundo o governo do Paraná, não foi possível identificar como a idosa contraiu a variante da Índia. Ela mora com o marido e o filho, que morreu vítima de complicações da Covid-19. Todos terão amostras analisadas para a cepa e por isso são casos suspeitos.

O estado registra ainda um terceiro caso suspeito da cepa B.1.617 de um homem de 38 anos, residente em Cascavel. A amostra foi remetida à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e aguarda o resultado o sequenciamento genômico para confirmação da variante.

Monitoramento de variantes (21 de maio de 2021)
Monitoramento de variantes (21 de maio de 2021)
Foto: Reprodução / CNN

(Publicado por Marina Motomura)

Mais Recentes da CNN