Como o acesso a remédios orais contribui no tratamento de pacientes com câncer

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço das reações à aprovação da MP que obriga planos de saúde a cobrir medicamentos quimioterápicos

Da CNN Brasil

Em São Paulo

Ouvir notícia

A Câmara dos Deputados aprovou na semana passada uma medida provisória que torna obrigatória a cobertura pelos planos de saúde de remédios de uso oral contra o câncer.

Pelas regras aprovadas, para que o paciente possa exigir a oferta do medicamento, é preciso que ele apresente a prescrição médica e que o remédio tenha sido registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e incluído no rol de obrigações dos planos definido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A MP estabelece prazo de 120 dias, prorrogável por 60, para que a ANS analise a inclusão dos medicamentos orais para o câncer.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço das reações à aprovação da nova legislação proposta. Para descrever os possíveis impactos da medida e os obstáculos enfrentados por quem luta contra o câncer, participam deste episódio Ana Paula da Silva Azevedo, que faz tratamento contra um câncer mama, e o oncologista Fernando Maluf, fundador do Instituto Vencer o Câncer.

Conheça outros podcasts da CNN Brasil:

Semana de 22 – Bem mais que o modernoso

Horário de Brasília

5 Fatos

À Prioli

Entre Vozes

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

(* Publicado por Diego Toledo)

Mais Recentes da CNN