Por quanto tempo você deve escovar os dentes? Confira dicas de especialistas

Consenso de hoje é baseado em estudos publicados desde a década de 1990, que analisaram os tempos de escovagem, técnicas e tipo de escova de dente

Não escovar os dentes corretamente ou por tempo suficiente pode levar a níveis mais elevados de placa, o que pode, em última instância, ativar a resposta imunológica do nosso corpo
Não escovar os dentes corretamente ou por tempo suficiente pode levar a níveis mais elevados de placa, o que pode, em última instância, ativar a resposta imunológica do nosso corpo Foto: Shutterstock

Josefine Hirschfeld

Universidade de Birmingham

Ouvir notícia

Muitos de nós estamos familiarizados com o conselho de que devemos escovar os dentes duas vezes ao dia, e por pelo menos dois minutos cada vez. Muitos de nós superestimam por quanto tempo escovamos os dentes — em até um minuto inteiro em alguns casos. No entanto, há evidências de que mesmo dois minutos de escovação dos dentes podem não ser suficientes.

Segundo a pesquisa, remover o máximo de placa possível obteve os melhores resultados em três a quatro minutos. Isso significa que devemos dobrar nosso tempo de escovação?

Os dentistas começaram a recomendar que deveríamos escovar os dentes por dois minutos na década de 1970 e, posteriormente, usar uma escova de cerdas macias. No entanto, o consenso de hoje é principalmente baseado em estudos publicados desde a década de 1990, que analisaram os tempos de escovagem, técnicas e tipo de escova de dente.

Esses estudos mostraram que dois minutos de escovação levaram a uma boa (mas não excelente) redução da placa. Porém, embora a escovação por mais de dois minutos tenha mostrado remover mais placa, ainda faltam pesquisas que avaliassem se mais de dois minutos de escovação estão associados a uma melhor saúde bucal a longo prazo em comparação com dois minutos.

Com base no que sabemos sobre os danos do crescimento excessivo de placa, é provável que a remoção de uma quantidade maior cada vez que escovamos esteja relacionado a uma melhor saúde bucal. Também é importante observar que essa falta de evidência ocorre porque estudos de longo prazo podem ser difíceis de conduzir.

Por que escovamos os dentes?

Quando escovamos os dentes, o fazemos com o objetivo principal de remover micróbios (conhecidos como placa dentária) das superfícies dentais. Esta placa é um acúmulo de bactérias, fungos e vírus que vivem juntos em uma comunidade conhecida como biofilme microbiano. Os biofilmes são muito pegajosos e só podem ser removidos com escovagem.

Muitas coisas podem facilitar o crescimento desses micróbios, incluindo áreas ásperas na superfície do dente (como algumas obturações), ser incapaz de alcançar certas áreas com uma escova de dente (como os espaços entre os dentes) ou ter aparelho ortodôntico. Na verdade, os biofilmes da placa voltam a crescer em nossos dentes horas após a escovação — é por isso que somos aconselhados a escovar duas vezes por dia.

Não escovar os dentes corretamente ou por tempo suficiente pode levar a níveis mais elevados de placa, o que pode, em última instância, ativar a resposta imunológica do nosso corpo — levando a inflamação e doenças como gengivite.

A inflamação geralmente não é dolorosa, mas geralmente causa sangramento nas gengivas ao escovar e, às vezes, mau hálito. Os biofilmes também podem causar cáries.

Técnica adequada

O objetivo da escovagem dos dentes é reduzir ao máximo a placa bacteriana em cada dente.

As evidências atuais sugerem que passar mais tempo escovando — até quatro minutos cada vez que você escovar — resulta em dentes mais limpos. Este tempo de escovagem mais longo significa que podemos limpar os dentes com mais eficácia e obter os locais de difícil acesso.

Mas tome cuidado para não escovar com muita frequência (como mais de duas vezes ao dia) e evite escovar com força ou usar pastas de dente e escovas abrasivas, pois isso também pode causar danos aos nossos dentes e gengivas — especialmente ao usar uma escova de dentes com cerdas duras ou cremes dentais abrasivos.

Existem muitas técnicas de escovagem diferentes que você pode usar para escovar os dentes corretamente. Uma das mais recomendadas é a técnica modificada de “Bass”, que visa limpar na linha gengival e abaixo dela — a área onde a placa se forma primeiro e tem maior probabilidade de causar inflamação.

Você deve sempre escovar os dentes com uma força suave — embora precisamente o quão difícil isso deveria ser atualmente não seja conclusivo. A escovagem suave é preferida para não danificar os tecidos duros e moles da boca.

Muitos fatores podem afetar o tipo de técnica, escova e pasta de dente ou fio dental que você usa. Por exemplo, pessoas que podem ter danificado a superfície dos dentes por beberem muitos refrigerantes ácidos podem ter dentes mais fracos.

Isso pode significar que eles são mais suscetíveis a danos adicionais aos dentes se usarem pastas de dente abrasivas e cerdas mais duras. Vale a pena consultar seu dentista para saber o que usar para escovar.

Uso do fio dental

A limpeza interdental — que a maioria de nós conhece simplesmente como fio dental — também é recomendada com a escovagem dos dentes. Estudos descobriram que a cárie dentária e a gengivite podem ser reduzidas com o uso do fio dental.

A maneira mais eficaz de usar o fio dental é deslizar o fio dental entre a gengiva e o dente e segurá-lo firmemente contra o dente — de forma que o fio dental “abraça-o” — e esfregar ao longo da superfície do dente em um movimento suave para cima e para baixo, avançando suavemente o fio dental abaixo da linha da gengiva.

As escovas interdentais, que podem ser colocadas entre os dentes no nível da gengiva, podem ser ainda mais eficazes.

Menos se sabe sobre outros auxiliares de limpeza — incluindo palitos de dente, jatos de água ou limpadores de língua — e como eles são eficazes.

Embora estejamos acostumados com o conselho de que devemos escovar os dentes duas vezes ao dia por dois minutos cada vez, é importante que também nos concentremos no uso de uma técnica adequada para garantir que estamos escovando completa e adequadamente.

Escovar por mais de dois minutos também pode nos ajudar a garantir a remoção de mais placa bacteriana dos dentes — o que provavelmente levará a uma melhor saúde bucal.

Josefine Hirschfeld é conferencista clínica acadêmica em odontologia restauradora na Universidade de Birmingham.

Republicado sob uma licença Creative Commons da The Conversation.

(*Texto traduzido. Clique aqui para ler original em inglês)

Mais Recentes da CNN