Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prefeito de Itajaí, em Santa Catarina, sugere tratar Covid-19 com ozônio

    Volnei Morastoni (MDB) sugere implantar aplicação de gás ozônio e outros tratamentos sem eficácia comprovada em casos confirmados de Covid-19

    Prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastoni, anuncia em live implantação de novos tratamentos contra a Covid-19 na cidade
    Prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastoni, anuncia em live implantação de novos tratamentos contra a Covid-19 na cidade Foto: Reprodução

    Henrique Andrade*

    da CNN

    O prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastoni (MDB), sugeriu um novo tratamento contra a Covid-19: a administração retal de ozônio. O método foi citado em uma live realizada na noite desta segunda-feira (3), na qual o prefeito apresentou os dados atualizados na cidade e comentou sobre possíveis tratamentos contra o vírus.

    Segundo balanço divulgado pela prefeitura nesta segunda-feira, Itajaí tem 3.648 casos confirmados e 105 mortes decorrentes do novo coronavírus. Itajaí registra também 2.969 recuperados, além de 153 casos suspeitos. A cidade tem cerca de 220 mil habitantes, de acordo com estimativa do IBGE feita em 2019.

    O procedimento com ozônio — que será usado somente para casos positivos, de acordo com o prefeito — não tem eficácia comprovada no tratamento contra o novo coronavírus.

    Morastoni, que é médico, formado pela Universidade Federal do Paraná, afirmou que inscreveu a cidade na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), com documentação necessária para integrar um protocolo nacional de pesquisa com ozônio.

    De acordo com o prefeito, Itajaí contará com um ambulatório exclusivo para o tratamento.

    “Estamos providenciando todos os equipamentos e aparelhos, o kit necessário, para aplicar o ozônio. Somente para os casos positivos. É uma aplicação rápida de 2 ou 3 minutinhos por dia. Provavelmente vai ser uma aplicação via retal, tranquilíssima e rapidíssima, com um cateter fininho, isso dá um resultado excelente. A pessoa tem que fazer por dez dias seguidos, dez sessões de ozônio. Isso ajuda muitíssimo os casos positivos”, afirmou o prefeito.

    Leia também:
    SC vai testar vacina tríplice viral contra Covid-19 em profissionais de saúde
    Entenda como pessoas que não tiveram Covid-19 podem ter imunidade ao vírus

    Além do ozônio, a prefeitura de Itajaí também oferece à população tratamento com outros medicamentos sem comprovação científica contra a Covid-19.

    Ivermectina, azitromicina e cânfora estão entre os remédios listados pelo prefeito na live desta segunda como disponíveis para distribuição em pontos da cidade — somente para pessoas que apresentaram prescrição médica.

    “Tudo mais que pode ajudar, vamos colocar à disposição da nossa população para o enfrentamento da pandemia”, concluiu Morastoni.

    Assista ao vídeo:

    *Sob supervisão de Julyanne Jucá