Presidente da Frente Nacional de Prefeitos defende volta de vacinação por idade

Edvaldo Nogueira diz que vacinação por categoria de serviço geraria disputas

Produzido por Layane Serrano, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Após o Programa Nacional de Imunização (PNI) ter aderido a critérios de categorias de serviço para a fila prioritária de vacinação contra a Covid-19, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) recomendou ao governo federal que retomasse a campanha pela ordem de idade. 

À CNN, o presidente da FNP, Edvaldo Nogueira, prefeito de Aracajú (SE), afirmou que vacinar por idade é mais democrático e que a vacinação por categorias seria ineficiente. 

“A Frente fez essa articulação, e agradeço ao Ministério da Saúde e Conasems [Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde] por terem acatado. Essa é a melhor decisão para o Brasil. Vai ajudar a ser mais rápido, e é muito mais difícil a pessoa falsificar a idade”, diz ele em relação aos atestados falsos que alguns cidadãos entregaram para furar a fila e conseguir a dose no critério comorbidade.

Sobre as categorias, ele disse que poderia gerar uma disputa entre as classes ao ponto de não haver mais critérios claros.

“Se continuasse dessa maneira seria uma luta de categorias. Por que as empregadas domésticas não devem ser prioridade? Ou os trabalhadores do comércio? Ia ficar uma situação difícil e poderia terminar sem critérios.”

 

Edvaldo ressalta que a definição por idade ajuda a dar clareza em relação ao número de pessoas, já que pela Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), os municípios têm noção de quantos moradores estão em cada faixa etária. 

O presidente do FNP diz, ainda, que em Aracaju, a mudança já começa nesta segunda-feira (31) e que o Rio de Janeiro, além de outros municípios, já aderiram ao novo processo. 

“Estamos autorizados a começar. Temos colocado essa orientação, e eu, sinceramente, acho que os prefeitos brasileiros devem começar imediatamente. Eu acho que isso vai ajudar a performance da vacinação. Na minha opinião, vai facilitar e democratizar.”

No entanto, Edvaldo ressalta que ao longo da próxima semana, a capital de Sergipe continua recebendo pessoas com comorbidades, definidas pela Saúde, até que todos estejam imunizados.

Presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Edvaldo Nogueira (30-05-2021)
Presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Edvaldo Nogueira (30-05-2021)
Foto: Reprodução / CNN

 

Mais Recentes da CNN