Quem serão os primeiros a receber a vacina da Pfizer/BioNtech no Reino Unido?

Diretor do Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização diz que pessoas no grupo de risco para Covid-19 terão prioridade no início da imunização

Vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech começará a ser aplicada no Reino Unido na próxima semana
Vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech começará a ser aplicada no Reino Unido na próxima semana Foto: Dado Ruvic/Reuters

Ouvir notícia

A população do Reino Unido deve começar a ser vacinada contra o novo coronavírus com o imunizante desenvolvido pela Pfizer/BioNtech já na próxima semana.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (2), o diretor do Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização do Reino Unido, Wei Shen Lim, afirmou que a vacina permitirá ao país ter um dos melhores programa de imunização do mundo.

Ele explicou que as pessoas que estão no grupo de risco para Covid-19 serão as primeiras a receber o medicamento. Esse grupo inclui pessoas que moram em asilos e os cuidadores de idosos, seguidos por aqueles com mais de 80 anos de idade e pelos trabalhadores da área da saúde.

Assista e leia também:
BioNtech: primeiras doses de vacina serão entregues ao Reino Unido em dois dias
‘Não pegamos atalhos’, diz agência britânica que liberou vacina contra Covid-19
Covid-19: Reino Unido aprova vacina Pfizer para uso a partir da próxima semana
Premiê do Reino Unido diz que vacinação contra Covid-19 não deve ser obrigatória

“A idade é, de longe, o principal fator em termos de risco para a Covid-19”, afirmou Lim, acrescentando que haverá flexibilidade operacional para determinar onde a vacina será distribuída primeiro.

Lim disse ainda que a expectativa do governo é que entre 90% e 99% dos pessoas no grupo de risco sejam imunizadas já na fase 1 de vacinação.

Na mesma entrevista, o diretor do Grupo de Trabalho de Especialistas da Comissão de Medicina Humana, Munir Pirmohamed, afirmou que a vacina da Pfizer/BioNTech se mostrou efetiva em todos os grupos, independente de idade, sexo ou raça.

Ele afirmou ainda que as pessoas não precisarão passar por qualquer tipo de exame antes de serem vacinadas.

(Com informações da Reuters)

Mais Recentes da CNN