Rio receberá cerca de 90 mil doses de vacina contra Covid-19 para crianças

Previsão é de que os imunizantes chegam ao estado ao longo desta sexta-feira (14)

Frasco de vacina da Pfizer contra a Covid-19 para crianças
Frasco de vacina da Pfizer contra a Covid-19 para crianças Myke Sena/MS

Isabelle Resendeda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O estado do Rio de Janeiro receberá nesta sexta-feira (14) cerca de 90 mil doses do imunizante contra a Covid-19 produzido pela Pfizer para as crianças de 5 a 11 anos. A previsão inicial da Secretaria Estadual de Saúde (SES) é de que todas as doses sejam distribuídas até o fim da manhã de sábado (15).

A chegada das doses das vacinas para crianças teve atraso. Inicialmente previstas para chegar às 00h45 de hoje, os imunizantes ainda não chegaram ao estado do Rio. Segundo a SES, as vacinas devem chegar ainda ao longo desta manhã. Serão 93.500 doses.

Apesar de a quantidade de doses ser insuficiente para imunizar as mais de 1,5 milhão de crianças do Rio de Janeiro, o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, garantiu que já dá para iniciar a imunização deste público em todo estado a partir da próxima segunda-feira (17).

Chieppe disse ainda que, neste primeiro momento, devem ser priorizadas as crianças com comorbidades. O secretário fez ainda um apelo para que os pais não deixem de vacinar seus filhos e reforçou a segurança e a eficácia do imunizante.

A capital fluminense deve receber pouco mais de 37,8 mil doses da vacina, o que corresponde a 42% do total enviado ao estado do Rio de Janeiro.

De acordo com o calendário divulgado pelo município do Rio, na próxima segunda-feira a vacinação começa para as meninas de 11 anos. A previsão é de que 560 mil crianças sejam vacinadas na capital até o dia 9 de fevereiro. Elas receberão duas doses do imunizante da Pfizer em um intervalo de oito semanas. A ideia é que todo o público-alvo esteja vacinado até o início do ano letivo.

Texto atualizado para correção de informação. As doses do imunizante ainda não chegaram ao Rio de Janeiro.

Mais Recentes da CNN