Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ruas de Pequim estão vazias enquanto China atinge recorde diário de casos de Covid

    Autoridades da capital chinesa bloquearam bairros e fecharam temporariamente lojas e outros negócios para reduzir o risco de infecções

    China registrou 32.695 novos casos locais na quinta-feira (24)
    China registrou 32.695 novos casos locais na quinta-feira (24) Tingshu Wang/Reuters

    Alessandro DiviggianoJosh D. ArslanXiaoyu Yinda Reuters

    As ruas de Pequim estavam quase vazias nesta sexta-feira (25), quando a China registrou outro recorde de infecções diárias por Covid-19 e cidades de todo o país impuseram medidas e restrições para controlar surtos.

    Sem contar infecções importadas, a China registrou 32.695 novos casos locais na quinta-feira (24), um recorde diário pelo segundo dia consecutivo, superando o número estabelecido em meados de abril, quando o centro comercial de Xangai foi prejudicado por um bloqueio em toda a cidade que durou dois meses.

    A contagem diária de Pequim para quinta-feira foi de 424 novos casos locais sintomáticos e 1.436 casos assintomáticos.

    As autoridades da capital chinesa bloquearam bairros e fecharam temporariamente lojas e outros negócios para reduzir o risco de infecções.

    “As pessoas não podem nem ganhar a vida agora. Não está mais funcionando. Bem, isso realmente envolve os interesses de todos”, disse Yan Zi, morador de Pequim de 51 anos, à Reuters.

    “Se isso continuar, pode haver um problema de acesso à comida, e isso será sério”.