Saiba o que é câncer no peritônio, que vitimou filho de Roberto Carlos

No quadro Correspondente Médico, dr. Fernando Gomes explicou que a doença que vitimou Dudu Braga é rara e costuma surgir em decorrência de outros tumores

Da CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

Na edição desta quinta-feira (9) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes explicou o que é câncer no peritônio. O produtor musical e radialista Dudu Braga, filho do cantor Roberto Carlos, morreu vítima da doença aos 52 anos.

O tumor foi descoberto ano passado e, desde então, Dudu passou por uma série de internações para fazer quimioterapia e cirurgia. Ele tinha um histórico de lutas pela própria saúde, pois nasceu com glaucoma e, mesmo com tratamento, perdeu a visão aos 23 anos. O artista também já tinha vencido dois cânceres no pâncreas.

À CNN, o médico oncologista Abraão Dornelas disse que é comum que cânceres anteriores evoluam para um tumor no peritônio.

“O tumor primário do peritônio é mais raro e, quando acontece, normalmente é tratado com cirurgia seguido de quimioterapia. Já tumores secundários no peritônio são mais comuns e costumam surgir de tumor que nasceu em outro órgão (pâncreas, estômago e intestino) e se disseminou no peritônio”, afirmou o especialista.

Fernando Gomes explicou que peritônio é uma membrana que envolve os órgãos internos abdominais.

“Por ser uma metástase, uma disseminação, já mostra a gravidade da lesão. Sabemos que quando o peritônio é acometido, alguns sintomas podem surgir”, disse.

Entre os sintomas, estão: dor abdominal, náuseas, perda de peso e barriga inchada, listou o médico.

(*Com informações de Raphael Florêncio, da CNN, em São Paulo)

Mais Recentes da CNN