São Paulo inicia dose de reforço e vacinação de 12 a 14 anos nesta segunda (6)

Idosos com mais de 90 anos serão vacinados com o imunizante disponível no posto de vacinação

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A cidade de São Paulo inicia, nesta segunda-feira (6), a aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 para idosos acima de 90 anos. A vacinação de adolescentes de 12 a 14 anos, sem comorbidades ou deficiência física permanente, também tem início nesta segunda.

No grupo de idosos, a prefeitura espera imunizar 52 mil pessoas com a dose de reforço. Já entre os adolescentes que receberão a primeira dose, a expectativa de público é de 360 mil pessoas.

De acordo com a prefeitura de São Paulo, toda a rede estará aberta para a vacinação do público elegível para a primeira dose, segunda dose e dose de reforço nesta segunda-feira (6).

Dose de reforço

Aos pacientes acamados em domicílio, a vacinação será feita pela equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência do usuário, assim como nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e população indígena aldeada na cidade de São Paulo.

Segundo a prefeitura, a vacinação dos idosos será com o imunizante que estiver disponível, no momento, nos postos de saúde.

“Os idosos devem comparecer a uma unidade de saúde, com o comprovante de vacinação, ciclo vacinal completo, com pelo menos seis meses da segunda dose aplicada, documento com foto e comprovante de residência”, disse a prefeitura.

Vacinação de adolescentes

Os menores devem estar acompanhados pelos pais ou responsável no ato da vacinação. No caso de impossibilidade desse acompanhamento, é preciso ir com um adulto e apresentar autorização assinada por um responsável.

Para os adolescentes, o imunizante da Pfizer é o único liberado, até o momento, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Doses remanescentes

A partir de segunda-feira (6), os idosos com mais de 60 anos também podem fazer a inscrição nas UBSs para receber as doses remanescentes. Vale para quem tomou a segunda dose há seis meses na capital. Para isso, é preciso apresentar o comprovante de vacinação, ciclo vacinal completo, documento com foto e comprovante de residência, informou a prefeitura.

A lista completa de postos de vacinação pode ser conferida aqui.

Mais Recentes da CNN