SP enfrenta escassez da vacina da AstraZeneca; prefeitura prevê normalizar hoje

Dos 528 pontos de vacinação, 384 alegaram falta do imunizante e outros 68 estavam sem doses da Pfizer/BioNTech, para intercambialidade vacinal

Renan Fiuzada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Na cidade de São Paulo, 76% dos postos de vacinação não têm doses suficientes para a aplicação da segunda dose da AstraZeneca até esta quarta-feira (22), segundo levantamento da CNN.

De acordo com a prefeitura, as doses estão sendo encaminhadas aos postos de saúde da capital para normalização dos estoques.

Dos 528 pontos de vacinação, 384 alegaram falta do imunizante e outros 68 estavam sem doses da Pfizer/BioNTech, para intercambialidade vacinal.

Em nota, a prefeitura também informou que recebeu 831.475 doses de vacinas contra Covid-19, sendo 567.900 da Pfizer, 212.445 de AstraZeneca e 51.130 de Coronavac, e que as doses estão sendo encaminhadas aos postos de saúde da capital para normalização dos estoques.

Ainda segundo a pasta, podem ocorrer faltas pontuais em algumas unidades devido à grande procura, porém a rede municipal realiza o remanejamento dentro do possível para unidades que registrarem desabastecimento.

Mais Recentes da CNN