SP vacinará pessoas com comorbidades e deficiência permanente neste sábado (22)

Postos de vacinação drive-thru, mega postos, farmácias parceiras e demais postos de unidades básicas de saúde (UBS), no entanto, estarão fechados.

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Os postos de unidades básicas de saúde integrados com as assistências médicas ambulatoriais, os chamados AMA/UBS, ficarão abertos neste sábado (22), em São Paulo, para a vacinação contra a Covid-19. De acordo com a prefeitura da cidade, a imunização também será realizada nos postos UBS da Sé e de Santa Cecília.

No entanto, os postos de vacinação drive-thru, mega postos, farmácias parceiras e demais postos de unidades básicas de saúde (UBS) estarão fechados.

Neste sábado, podem se vacinas as pessoas com comorbidades ou deficiência permanente cadastrados no benefício de prestação continuada (BPC) e que tenham mais de 45 anos. O imunizante utilizado nesta fase da campanha é o Oxford/AstraZeneca/Fiocruz. A vacina CoronaVac, envasada no instituto Butantan, será aplicada apenas em segunda dose.

O imunizante da Pfizer/BioNtech só voltará a ser utilizada em São Paulo a partir da próxima terça-feira (25), quando um novo lote deve chegar aos postos das unidades básicas de saúde.

Ministério da Saúde recomenda tomar primeiro a vacina contra a Covid-19 e depois
Foto: Morsa Images/GettyImages

As pessoas com comorbidades que pretendem receber a vacina precisam apresentar um documento de identificação e comprovante da condição de risco, como exames, receitas médicas, relatório ou prescrição médica.

Já as pessoas com deficiência permanente precisam apresentar o comprovante do recebimento do BPC, documento de identificação e comprovante da deficiência.

Conforme a prefeitura, a capital aplicou mais de 4,3 milhões de doses de vacina contra a covid-19, sendo mais de 1,4 milhões em segunda dose, até este momento.

(Com informações da Agência Brasil)

Tópicos

Mais Recentes da CNN