STJ pede explicação do Ministério da Saúde sobre distribuição de vacinas 

Pedido vem após o Distrito Federal alegar que houve déficit nas remessas enviadas pela pasta

Galton Sé, da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que o Ministério da Saúde apresente informações sobre a distribuição de vacinas contra a Covid-19. A decisão atende pedido da Procuradoria-Geral do Distrito Federal (DF).

O governo local (GDF) alega que houve déficit nas remessas enviadas pela pasta . A secretaria de Saúde do DF tem sido cobrada pela população por causa do atraso na vacinação e pede que o Ministério da Saúde envie 292 mil doses extras de imunizantes para a capital federal. 

O GDF responsabiliza o próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e diz que algumas questões relacionadas à distribuição de vacinas não foram levadas em conta. Uma delas é sobre as pessoas que não moram no Distrito Federal, mas que utilizam os postos locais para se imunizar.

O Ministério da Saúde tem um prazo de 10 dias para responder ao STJ. 

Governo prevê entregar 40  milhões de doses da vacina contra a Covid-19 em junho
Vacina contra a Covid-19 (24-05-2021)
Foto: Reprodução / CNN

Mais Recentes da CNN