UFBA fará estudo sobre terceira dose da AstraZeneca contra a Covid-19

Uma versão modificada do imunizante para combater a variante Beta da Covid-19 também será pesquisada na universidade

Silvana Freire, da CNN, em Salvador

Ouvir notícia

O Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), vai realizar um estudo para analisar a eficácia de uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 de Oxford/AstraZeneca. Uma versão modificada do imunizante para combater a variante Beta do novo coronavírus também será pesquisada. 

Os trabalhos de análise começam em agosto e vão contar com a participação de 800 pessoas de diversas regiões do Brasil.

Além das pessoas que já tomaram as duas doses da AstraZeneca, aqueles que foram imunizados com a Pfizer podem se voluntariar. A exigência do estudo é de que o candidato tenha completado o ciclo de imunização há pelo menos três meses. 

Já para voluntários que não tenham sido vacinados, a pesquisa testará um esquema misto de duas doses: a primeira da vacina já em uso e a segunda da versão modificada.

As aplicações ocorrerão apenas em pessoas acima de 18 anos. Além da Bahia, o trabalho também será desenvolvido em centros de pesquisa do Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

Estudo sobre terceira dose da AstraZeneca será feito na UFBA
Estudo sobre terceira dose da AstraZeneca será feito na UFBA (16.jul.2021)
Foto: Reprodução / CNN

Mais Recentes da CNN