União Europeia alcança objetivo de vacinar completamente 70% da população adulta

Ao anunciar o cumprimento da meta, a presidente da Comissão da UE, Ursula von der Leyen, destacou que, apesar do resultado do esforço de vacinação, a pandemia ainda não acabou

UE atinge objetivo de vacinar 70% da população com duas doses
UE atinge objetivo de vacinar 70% da população com duas doses Foto: Owen Humphreys/Pool via Reuters (8.dez.2020)

Rafaela Larada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A União Europeia atingiu seu objetivo de vacinar 70% da população adulta contra a Covid-19, o que representa mais de 250 milhões de pessoas completamente vacinadas. A informação foi compartilhada nas redes sociais pela presidente da Comissão da UE, Ursula von der Leyen, nesta terça-feira (31).

A UE previa atingir a meta de 70% da população com o esquema vacinal completo no fim do verão no hemisfério norte, previsto para o meio do mês de setembro. O objetivo, portanto, foi cumprido antes do prazo.

“Quero agradecer a muitas pessoas que tornaram essa grande conquista possível. Mas devemos ir mais longe. Precisamos de mais europeus indo se vacinar. E precisamos ajudar o resto do mundo a vacinar também”, escreveu von der Leyen no Twitter.

Ao fazer o anúncio, von der Leyen destacou que, apesar do resultado do esforço de vacinação, a pandemia ainda não acabou.

“A pandemia não acabou e precisamos nos manter vigilantes. Precisamos de mais europeus se vacinando rapidamente para evitar uma nova onda de infecções e para parar as variantes. Eu chamo todos aqueles que podem para se vacinar. Este é o único meio de se proteger e proteger os outros”, disse.

 

 

Von der Leyen também afirmou que a UE continuará ajudando os países mais pobres com doações de vacinas contra a Covid-19 por meio do consórcio Covax.

A campanha de vacinação da UE começou devagar em relação às do Reino Unido e dos Estados Unidos, devido a atrasos nas entregas de doses de vacina, principalmente as da AstraZeneca.

No entanto, após um forte reforço no abastecimento a partir do segundo trimestre, especialmente de vacinas da Pfizer, von der Leyen afirmou, em julho, que a UE estava entre os líderes mundiais na vacinação.

Mais Recentes da CNN