Vacinados contra Covid-19 podem transmitir variante Alfa, revela estudo

No quadro Correspondente Médico, dr. Fernando Gomes falou sobre a contaminação e transmissão de coronavírus por pessoas já imunizadas

Nicole Lacerda, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Na edição desta terça-feira (27) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre infecção por variantes da Covid-19 mesmo após a vacinação.

Um estudo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apoiado pela Fapesp, mostrou que vacinados podem se infectar e transmitir a variante Alfa, originária do Reino Unido. Apesar disso, a pesquisa indicou que a imunização previne contra os casos graves de Covid-19.

Gomes reforçou que a vacinação não impede a infecção por coronavírus, e sim previne casos graves e óbitos pela doença.

“Quando eu tomo vacina, não crio uma bolha em volta de mim para que eu possa andar em qualquer lugar e nada vai acontecer. A vacina simplesmente treinou o meu sistema imunológico para, caso eu tenha contato com o coronavírus, ele tenha um combate natural no meu corpo — o que não inviabiliza de eu transmitir essa doença pra frente”, explicou o médico.

“Por isso, a orientação continua a mesma, independente da vacina que se venha tomar, da existência ou não de variantes, as medidas gerais de cuidados, como máscaras e distanciamento, são importantes para a gente consiga controlar essa situação”, disse Fernando Gomes.

Mais Recentes da CNN