“Vampiros de energia” podem drenar sua força vital no trabalho; saiba como evitar

Pessoas tóxicas podem sugar sua energia, causando sentimento de exaustão, principalmente no ambiente corporativo

Vampiros de energia são pessoas tóxicas que sugam sua força vital, deixando você emocionalmente exausto
Vampiros de energia são pessoas tóxicas que sugam sua força vital, deixando você emocionalmente exausto Arte/CNN

Megan Marplesda CNN

Ouvir notícia

Você se senta em sua mesa e está prestes a começar mais um dia de trabalho quando um colega se aproxima de você. Após 20 minutos de bate-papo, seu colega finalmente o deixa em paz, mas você descobre que está esgotado demais para concluir qualquer tarefa com eficiência.

Você se tornou a mais recente vítima de um vampiro de energia.

Os vampiros de energia são pessoas tóxicas que sugam sua força vital, deixando você emocionalmente exausto, sejam eles egoístas, manipuladores ou apenas excessivamente falantes. Um de seus locais de caça favoritos é o escritório, então os funcionários precisam ter cautela ao retornar ao trabalho presencial, de acordo com Tessa West, professora associada de psicologia da Universidade de Nova York e autora de “Idiotas no trabalho: colegas tóxicos e o que fazer sobre eles”, em tradução livre.

“Eu penso nessas pessoas como esgotadoras porque toda vez que você interage com elas, é uma experiência estressante”, disse Tessa.

Detectando um vampiro de energia na natureza

Alguns desses predadores são mais fáceis de detectar do que outros. No entanto, os sinais mais evidentes são sentimentos de incerteza e apreensão antes de se envolver com eles, disse ela.

“Se você pode realmente sentir sua frequência cardíaca e suas palmas estão suando fisicamente, isso significa que você está em uma situação muito difícil, porque na maioria das vezes as respostas ao estresse não são perceptíveis”, explicou Tessa.

Sentir-se preso ao falar com alguém que não contribui para seus objetivos de trabalho também pode ser um indicador, disse ela. Você sente que esteve ocupado o dia todo, mas mal concluiu nenhuma tarefa, acrescentou.

Essas pessoas podem se disfarçar de extrovertidos que dão sugestões em reuniões e se voluntariam para participar de comitês para serem vistos e reconhecidos, mas raramente concluem as tarefas sozinhas, observou ela.

Outras vezes, os vampiros de energia são pessimistas descarados, disse Peter Economy, autor de “Espere, estou trabalhando com quem?!?: O guia essencial para lidar com colegas de trabalho difíceis, gerentes irritantes e outras personalidades tóxicas”, em tradução livre.

São as pessoas que entram em uma sala com uma nuvem de chuva sobre a cabeça e, com o tempo, a vítima pode se tornar mais negativa também, disse ele. Os gerentes também não estão isentos de serem vampiros de energia, disse Tessa.

Um líder que distribui trabalho para outras pessoas sem se oferecer para fazer nada e inventa problemas que não existem também pode ser um vampiro da energia, disse ela.

A presa favorita de um vampiro

Os introvertidos e as pessoas que veem o melhor nos outros geralmente são os principais alvos dos vampiros da energia, disse Economy.

“Acho que a maioria das pessoas assume que as pessoas são boas e não vão tentar prejudicá-las”, disse ele.

Vampiros de energia podem perceber fraquezas, então eles também vão atrás daqueles que são avessos a conflitos e fáceis de controlar, disse Tessa. Eles tentam atacar aqueles que não se sentem à vontade para enfrentá-los no momento, acrescentou ela.

Eles também evitam colegas de trabalho que têm uma rede social rica porque esses profissionais agem como um conjunto metafórico de guarda-costas, disse Tessa.

Aprenda a revidar

O primeiro passo para impedir um vampiro de energia de atacar é reconhecer que você está sendo alvo, disse Economy. Depois de identificar esses sinais de alerta, recuse-se a entrar no jogo.

É sempre melhor evitar interações com esse tipo de colega, se possível, mas se for inevitável, você precisa desenvolver um estilo de comunicação direto, disse Tessa.

Diga frases como: “OK, é hora de você ir, essa conversa acabou”, explicou ela. Tessa também usa um truque simples, mas eficaz ao tentar se esquivar de um vampiro de energia: ela se levanta fisicamente.

Não se sente em sua mesa porque os vampiros de energia não captam sinais sutis e não verbais de que é hora de sair e ficarão lá para sempre, disse ela. “Quando você está de pé, cria uma espécie de urgência ou desconforto que essa interação não vai durar muito”, disse.

Para terminar a conversa, diga à outra pessoa que você precisa ir, saia do seu local de trabalho e vá rapidamente ao banheiro ou a outro lugar, acrescentou.

Como vampiros tradicionais, vampiros de energia evitam a luz do sol. Eles evitarão funcionários que tenham uma personalidade brilhante e positiva, disse Economy. “Se você é naturalmente muito otimista e desvia o comportamento deles, eles vão encontrar outra pessoa que seja mais fraca e não tenha a mesma defesa”, disse ele.

Poderia você ser um vampiro de energia?

Um indicador de que você pode ser um vampiro de energia é se você sente que seus contatos de trabalho estão sendo enviados para um buraco negro, disse Tessa. Um exemplo é que você pode estar constantemente tentando marcar reuniões ou escrever vários e-mails longos sem receber muito ou nada em troca, disse ela.

Este é um sinal porque a maioria das pessoas não quer dizer nada negativo, mas eles não têm nada de positivo a dizer, então eles não se envolvem, explicou.

Para combater isso, faça um balanço do seu estilo de comunicação e estabeleça diretrizes rígidas consigo mesmo para recuar e respeitar os limites. Por exemplo, envie apenas e-mails curtos para alguém três vezes ao dia e, se não obtiver resposta, deixe para lá, disse ela. Além disso, crie uma regra para ir ao local de trabalho de alguém apenas uma vez por semana, recomendou Tessa.

A maioria das pessoas tende a pensar que tudo o que fazem é muito bom, então você pode não ser capaz de reconhecer se você é um vampiro de energia até que alguém aponte isso para você, disse Economy. Na maioria dos casos, você deve descobrir sozinho, acrescentou.

“Parte da resposta é ser muito sensível ao impacto que você está causando em outras pessoas”, disse ele.

Se você perceber que seus colegas de trabalho estão te evitando no corredor, virando na outra direção quando você entra em uma sala ou se sentindo desconfortável à sua volta, esses podem ser indicadores de que você é um vampiro de energia, disse.

Para aqueles afortunados o suficiente para receber feedback, aja de acordo, disse Economy. “Acho que muitas vezes as pessoas ignoram o feedback que recebem porque não conseguem se ver como uma pessoa negativa”, explicou ele.

Ninguém está imune a potencialmente cair nessas armadilhas, então seja gentil consigo mesmo durante esse processo, disse Tessa.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN