Variante Ômicron pode ser o início do fim da pandemia?

Especialistas discutem se a variante mais transmissível do coronavírus pode significar o início do fim da pandemia

Marina Demorida CNN

Ouvir notícia

O mundo está enfrentando uma onda no aumento de casos da variante Ômicron.

Agora, pesquisadores discutem se a cepa mais infecciosa da Covid-19  — porém, menos agressiva — pode significar o início do fim da pandemia.

Zvika Granot, médico de Israel, disse em entrevista à CNN que, quando se consideram as pandemias anteriores, como a gripe espanhola, elas passaram por ondas muito similares às que estamos vendo com o coronavírus.

E que, as variantes que surgem são mais infecciosas, porém menos agressivas. “Grande parte das populações vacinadas que se infectaram, não tem doença grave”, disse. Segundo ele, é assim que se ganha imunidade.

Margareth Dalcolmo, pneumologista e pesquisadora da Fiocruz, disse que a Ômicron pode significar o começo do fim da pandemia. “Mas deve haver muito cuidado nessa interpretação.”

Confira a reportagem na íntegra com todos especialistas no vídeo acima.

Mais Recentes da CNN