Queda do WhatsApp impactou pequenos negócios, avalia especialista

Arthur Igreja explicou que erro foi causado por atualização da plataforma

Da CNN
15 de julho de 2020 às 13:34 | Atualizado 15 de julho de 2020 às 15:01

O WhatsApp apresentou falhas na tarde de terça-feira (14), prejudicando muitos usuários que dependem do serviço, inclusive como instrumento de trabalho. O aplicativo ficou fora do ar por volta das 16h e só voltou a funcionar cerca de 90 minutos depois.

Arthur Igreja, especialista em Tecnologia e Inovação, disse à CNN, que o erro – que gerou transtornos e virou assunto das redes sociais – foi uma 'atualização que deu errado'. Igreja também avaliou os impactos da 'queda'do software.

"Aparentemente a empresa foi fazer uma atualização, foi tentar melhorar o aplicativo e deu tudo errado. Portanto, em um sistema deste tamanho, quando você faz qualquer mudança ele demora muito para atualizar e voltar. O erro não aconteceu só no Brasil, teve alguns focos na Europa e nos Estados Unidos", explicou.

Leia também:

Guia para blindar seu celular contra golpes no WhatsApp

WhatsApp limita encaminhamento de mensagens para frear fake news sobre COVID-19

Pagamento pelo WhatsApp será aprovado quando proteção for garantida, diz BC

Para Igreja, o impacto da queda foi ainda mais sentida pelo pequeno negócio, que dependente diretamente do aplitcativo para realizar compras e fazer a divulgação de produtos.

"O aplicativo vai muito além das relações pessoais, ele é parte do nosso trabalho. Principalmente durante a pandemia, quando as pessoas estão tentando vender pela internet e contactar os seus clientes. Além disso, para o pequeno comerciante o impacto é ainda maior. As grandes empresas têm os seus softwares, mas para o microempreendedor é um desespero", relembrou.

Ao relembrar de outros episódios de quedas do aplicativo, o especialista disse ainda que, apesar de ter ficado fora do ar por pouco tempo, os efeitos ainda estão sendo avaliados. 

"Vale lembrar que o WhatsApp faz parte do grupo do Facebook e Instagram. Por isso às vezes temos momentos que as três plataformas apresentam falhas ao mesmo tempo e ano passado tivemos grandes ocorrências. Nós tivemos uma cadeia de impacto e todo mundo ainda está tentando entender os estragos", concluiu.

A assessoria do WhatsApp informou que o problema foi global e que o serviço já foi estabelecido na América Latina.

(Edição: Leonardo Lellis)