Fundo do TikTok vai incentivar criadores, dizem influenciadora e especialista


Da CNN
27 de julho de 2020 às 13:25 | Atualizado 27 de julho de 2020 às 14:54

Com mais de 87 milhões de usuários, a rede social chinesa TikTok irá permitir anúncios de empresas começará a remunerar os criadores de conteúdo da plataforma. À CNN, a influenciadora e criadora de conteúdo Carol Bresolin, que tem 3 milhões de seguidores, e Rafaela Lotto, head de planejamento e sócia do YouPix, comentaram a mudança, em entrevista nesta segunda-feira (27).

Rafaela afirmou que o fundo é como se fosse um incentivo para o criador de conteúdo e uma tentativa de trazer influenciadores para plataforma para que ele depois possa vender anúncio em cima desse conteúdo.

Leia e ouça também:

TikTok lança versão para empresas e fundo de US$ 200 mi para pagar influenciador
O Tik Tok veio para ficar? Qual é a da rede social que dita moda e influência?
TikTok lança fundo de US$ 200 milhões para pagar criadores de conteúdo

A head de planejamento ainda acrescentou que detalhes sobre o critério de remuneração ainda não foram anunciados, mas que deve ser parecido com o modelo atual do YouTube, que paga pelos anúncios exibidos antes do conteúdo produzido pelo usuário.

Carol considerou positivo esse novo passo da rede social. "A gente estuda para isso e é o nosso trabalho, e é maravilhoso ver que as plataformas estão passando a remunerar isso", disse. "Isso vai fazer com que as pessoas queiram criar mais conteúdo e estejam mais dentro da plataforma", acrescentou. 

A influenciadora e tiktoker Carol Bresolin e a especialista em tecnologia Rafael

A influenciadora Carol Bresolin e a especialista em tecnologia Rafaela Lotto

Foto: CNN (27.jul.2020)

Em primeiro lugar na lista de aplicativos mais baixados em todo o mundo no mês de junho, com mais de 87 milhões de downloads, o TikTok aproveita a onda de popularidade para abrir o balcão de negócios. No fim do mês passado, a rede lançou a modalidade “For Business”, que permite que empresas anunciem na plataforma.

Ao mesmo tempo, o aplicativo quer fidelizar seus criadores de conteúdo. Há dois dias, o TikTok anunciou a criação de um fundo estimado em US$ 200 milhões para pagar usuários que sejam capazes de engajar seu público. “O fundo será distribuído ao longo do próximo ano e deverá crescer ao longo desse tempo”, disse a companhia em nota.

(Edição: Leonardo Lellis)