Youtube remove vídeo de Trump e suspende conta por no mínimo uma semana


Da CNN, em São Paulo*
13 de janeiro de 2021 às 02:07 | Atualizado 13 de janeiro de 2021 às 02:09
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos
Foto: REUTERS


O Youtube informou, na noite desta terça-feira (12), que removeu um novo conteúdo enviado ao canal do presidente Donald Trump por violar as políticas de incitação à violência.

O canal do presidente agora está impedido de enviar novos vídeos ou transmissões ao vivo por no mínimo sete dias - que podem ser prorrogados, disse a rede social em um comunicado. 

 

O YouTube se recusou a compartilhar detalhes do vídeo removido da conta de Trump, mas disse que, após o limite de uma semana, revisará a decisão.

Até agora, o YouTube era a única grande plataforma de mídia social remanescente a não suspender Trump de alguma forma. O Facebook suspendeu a conta de Trump "indefinidamente", enquanto o Twitter baniu Trump completamente.

"Após uma análise cuidadosa e à luz das preocupações sobre o potencial contínuo de violência, removemos o novo conteúdo enviado ao canal Donald J. Trump e emitimos um ataque por violar nossas políticas de incitação à violência", disse um porta-voz do YouTube em um comunicado.

"Como resultado, de acordo com nosso sistema de suspensão, o canal agora está impedido de enviar novos vídeos ou transmissões ao vivo por no mínimo sete dias, que podem ser estendidos."

O YouTube também disse que desativará os comentários nos vídeos do canal de Trump.

De acordo com as políticas do YouTube, uma segunda infração das políticas deve resultar em uma suspensão de duas semanas e três avisos gerarão um banimento permanente.

 

* Com informações de Radhika Anilkumar e Rashmi Aich, da Reuters; e Brian Fung, da CNN