Após polêmica por censura, TikTok lança opção para filtrar todos os comentários

Depois de ser criticado por definir quais postagens são passíveis de bullying, o TikTok decidiu colocar na mão de quem publica a decisão sobre o que é ofensivo

Raphael Coraccini, colaboração para a CNN
11 de março de 2021 às 18:25 | Atualizado 11 de março de 2021 às 18:36
Celular com logo do TikTok
Plataforma anunciou medidas após polêmica sobre censura na rede social
Foto: Antonbe/Pixabay

O TikTok anunciou que lançou a opção “filtrar todos os comentários", em uma ação para evitar comentários ofensivos que não são capturados pela inteligência artificial que opera o algoritmo da plataforma e nem pelos controladores humanos, que identificam conteúdos negativos.

Anteriormente, o TikTok já dispunha das opções “filtrar spam e comentários ofensivos” e “filtrar palavras-chave”, que identificavam comentários inoportunos. Agora, o produtor de conteúdo vai poder selecionar os comentários manualmente, excluindo o que achar conveniente. 

O TikTok disse que o recurso de controle de comentários servirá para ajudar a “promover a gentileza” dentro da rede social. “Os criadores poderão decidir quais comentários aparecerão em seus vídeos. Quando ativado, os comentários não serão exibidos, a menos que o criador do vídeo os aprove”, disse a empresa em um comunicado emitido na quarta-feira (10). 

Mudança após críticas

A ideia da rede é dar mais autonomia aos usuários na hora de selecionar o que pode e o que não pode aparecer em suas postagens. Com isso, o TikTok espera reduzir também acusações de que tem praticado boicote a determinados conteúdos de pessoas fora do padrão estético estabelecido como saudável e bonito. 

Em um dos casos, o TikTok foi acusado recentemente por modelos e por uma marca de moda plus size de retirar indevidamente conteúdos do ar ou reduzir o seu alcance.

No ano passado, o TikTok havia se manifestado dizendo que, em alguns casos, acaba censurando conteúdos para, segundo a marca, evitar bullying, o que não pegou bem. 

Com a repercussão negativa sobre a iniciativa da rede social em definir quais postagens são passíveis de bullying, o TikTok lançou a ferramenta de controle de comentários para deixar nas mãos dos produtores de conteúdo a divulgação ou não dos comentários e se expor menos à polêmica. 

Opção 'Refletir'

Além de dar maior controle aos produtores de conteúdo, o TikTok está lançando a funcionalidade “Refletir”, que permite a quem comenta refazer comentários impulsivos e ofensivos. 

Diante de um comentário identificado como impróprio pela rede social, aparece para quem comentou um spam perguntando se a pessoa gostaria de reconsiderar a publicação e editá-la. 

O TikTok afirma que as novas opções seguem diretrizes estabelecidas em parceria com o Cyberbullying Research Center (CRC), que estuda manifestações de bullying no ambiente digital e outras formas de abuso, bem como maneiras de combater essas práticas.

“O novo recurso ‘Filtrar todos comentários’ e a função ‘Refletir’ do TikTok são medidas positivas para promover a gentileza e estamos ansiosos para colaborar com outras formas de proteger contra bullying e assédio", diz Sameer Hinduja, codiretor do Cyberbullying Research Center em relação à parceria com o TikTok.