Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lua Cheia Rosa surge no céu nesta semana; entenda o fenômeno

    Apesar do nome, satélite não deve apresentar mudança de cor

    Lua cheia vista da cidade de Caxias do Sul (RS).
    Lua cheia vista da cidade de Caxias do Sul (RS). ANTONIO MACHADO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Fernanda Pinottida CNN

    em São Paulo

    A próxima Lua Cheia, que tem início na noite desta terça-feira (23) e deve brilhar no céu noturno até quinta (24), é chamada de Lua Cheia Rosa.

    Embora tenha recebido esse nome, o satélite não deve apresentar nenhuma mudança em sua cor.

    Na verdade, a Lua Cheia Rosa foi batizada desta maneira por tribos indígenas do nordeste dos Estados Unidos por conta das flores flox, nativas desta região, que começam a desabrochar com o início da primavera no hemisfério Norte e são cor-de-rosa.

    Lua do Peixe, Lua da Grama

    Esta Lua Cheia de abril ainda recebe outros nomes, em sua maioria relacionados com o início da primavera no hemisfério Norte.

    Alguns a chamam de Lua da Grama, em referência à volta do verde após o inverno. Ela também pode receber o nome de Lua do Peixe, pois está é a época que os peixes sobem o rio para desovar.

    Cometa do Diabo

    Nesta semana, além da Lua Cheia, os apaixonados pelo céu noturno também tem a chance de observar o cometa 12P/Pons-Brooks, conhecido como “Cometa do Diabo”.

    O cometa 12P/Pons-Brooks atinge o periélio (momento de maior proximidade do Sol) no dia 21 e deve atingir seu brilho máximo em 23 de abril, quando estará mais visível. Mesmo assim, o uso de binóculos é indicado caso você queira avistar o corpo celeste, já que não há garantias que ele estará visível a olho nu.

    O apelido do cometa faz referência ao seu formato de chifre, resultado de uma pressão da radiação do Sol que formou uma espécie de cauda “torta” de gás e poeira.

    As aparições do Cometa do Diabo costumam ser brilhantes devido a explosões de gás e poeira sendo liberados debaixo de sua superfície.

    Confira dicas para conseguir observar o Cometa do Diabo.