Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ONG Gerando Falcões lança jogo educativo contra a pobreza no metaverso

    Entidade se torna a primeira a utilizar o ambiente virtual para trabalhar com o impacto social

    Crianças jogando o Missão Favela X no metaverso
    Crianças jogando o Missão Favela X no metaverso Divulgação/Gerando Falcões

    Douglas Portoda CNN

    em São Paulo

    A Gerando Falcões se tornou a primeira ONG a utilizar o metaverso para impacto social. A entidade lançou o jogo “Missão Favela X” em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. A inciativa tem parceria com a Accenture.

    O objetivo do projeto é educar jovens e crianças sobre os desafios para erradicação da pobreza a partir da infraestrutura, saneamento básico, educação, cultura e tecnologia. Com isso, a inciativa visa conscientizar a geração futura e arrecadar fundos para acelerar a transformação das favelas.

    A aplicação está disponível em uma plataforma de jogos sociais dentro do ambiente virtual.

    “O game Favela X será utilizado com viés social para erradicar a pobreza. E inovação social e tecnologia são essenciais para esse desafio. Muitas pessoas conhecem a favela apenas pela janela do carro, e agora jogadores de todas as classes e regiões vão enfrentar, pela tela do computador ou do celular, transtornos que pessoas vulneráveis encaram em suas realidades cotidianas”, explica Edu Lyra, CEO e fundador da Gerando Falcões.

    “São quase 14 mil favelas no Brasil, e esta é a grande chance que temos de fazer algo que pode mudar o futuro de seus moradores, sobretudo o futuro das crianças e dos jovens”, continua.

    Edu Lyra, CEO e fundador da Gerando Falcões / Divulgação/Gerando Falcões

    A medida faz parte da Missão Favela X, uma campanha institucional que faz a captação de doadores, arrecadando recursos para financiar tecnologia de ponta e inovações para as comunidades.

    “O metaverso é uma das tendências que mais vão mudar o mundo, mais do que a nossa vida já mudou. Estar nesse mundo virtual traz muitas oportunidades”, expõe Leonardo Framil, presidente da Accenture na América Latina.