Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja o que postar e o que evitar nas redes sociais em caso de demissão

    Especialista dá dicas de o que escrever e qual é o momento mais apropriado para deixar os outros saberem que você está disponível no mercado de trabalho

    Pexels

    Jeanne Sahadida CNN

    Nova York

    Se alguma vez você foi envolvido em uma demissão, entre os afazeres de sua nova lista de tarefas está como e quando contar às pessoas que você perdeu o emprego.

    Muitas vezes, a maneira ideal para alertar sua rede profissional são as mídias sociais como LinkedIn, Twitter, Instagram, Facebook e outros.

    Mas o modo como você transmite a mensagem é importante se seu objetivo é se preparar bem para novas oportunidades.

    Veja dicas para lidar com esse momento:

    Reserve um pouco de tempo antes de postar

    Você não precisa tornar sua demissão pública imediatamente.

    “Reserve um tempo para digerir o fato de que você não tem mais emprego”, disse a técnica de carreira Aneri Desai. “Leve o seu tempo para entender a sua situação.”

    Se você está chateado, diga ao seu parceiro, seu amigo ou seu travesseiro. Apenas não publique sua fúria ou amargura online.

    Considere um anúncio “suave” primeiro

    Se você ainda não tem certeza do que vai fazer – ou mesmo se deseja permanecer na mesma carreira – você pode colocar um post inicial mais “suave” apenas para que as pessoas saibam que você não está mais no seu trabalho, observou Desai. Não há problema em dizer “Ainda não tenho certeza de qual será meu próximo passo, mas fique atento. Entrarei em contato quando tiver mais clareza sobre os próximos movimentos profissionais.”

    Isso pode ser uma medida especialmente útil se as demissões da sua empresa estiverem nas manchetes e você estiver sendo bombardeado com mensagens de amigos e colegas perguntando se você foi afetado.

    Seja breve

    Se você trabalhou em um lugar por cinco ou 25 anos, provavelmente poderia escrever um livro sobre suas experiências.

    Mas, por favor, não. Quanto mais curto, melhor – alguns parágrafos no máximo. “Não use todos os personagens que puder. Você quer que as pessoas leiam”, disse o coach de carreira Marlo Lyons.

    Gratidão é bom, mas também concentre-se em suas realizações

    Se for genuíno, expresse gratidão por seus mentores e colegas e pelas oportunidades que você teve em seu trabalho. Mas não gaste a maior parte do seu post agradecendo às pessoas, disse Desai.

    “Tantas pessoas colocam os holofotes em ‘como tive sorte em trabalhar com esta equipe’, mas deixam de dar crédito a si mesmas”, disse Desai.

    A especialista diz que é importante observar algumas das grandes maneiras pelas quais você agregou valor à sua empresa.

    Seja específico sobre o que você deseja e suas habilidades

    Quando estiver pronto para procurar um novo emprego e receber ajuda de sua rede ou ouvir recrutadores, sua postagem deve ser “muito explícita”, disse Lyons.

    Detalhe as habilidades que você trará para um novo empregador. Especifique em qual campo ou conjunto de campos relacionados você deseja estar (como vendas, gerenciamento de contas, desenvolvimento de negócios); em quais cargos você está interessado; se você prefere trabalhar remotamente ou híbrido; e quaisquer outros detalhes que auxiliarão as pessoas a ajudá-lo.

    Amplie o alcance de sua postagem

    Você deseja que o maior número possível de pessoas veja sua postagem, é possível marcar #opentowork, uma hashtag frequentemente usada no LinkedIn, sugeriu Desai.

    Mantenha o otimismo

    Se você está com problemas financeiros, não diga isso, disse Lyons.

    Você não quer dar a impressão de que vai aceitar o primeiro emprego que aparecer.

    “As empresas querem que você as queira – não apenas para você aceitar o emprego porque precisa”, disse Lyons. “Não há problema em dizer que você gostaria de um emprego mais cedo ou mais tarde. Mas tome cuidado para não parecer desesperado.

    Seja consistente em todas as plataformas

    É provável que você anuncie sua demissão em mais de uma plataforma social. Portanto, seja consistente em sua mensagem. Você não quer publicar uma postagem muito profissional, digamos, no LinkedIn, mas depois lançar uma tempestade de tweets raivosa no Twitter.

    “[Antes] de alguém contratá-lo”, disse Lyons, “eles lerão suas postagens”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original