Lisboa e Madri devem ser ligadas em 3 horas por trem de alta velocidade

Nova linha prevista para 2034 será alternativa ao transporte aéreo e deve reduzir tempo de viagem entre a capital portuguesa e Porto

Lisboa e Madri devem ter ligação direta em até 3 horas em 2034
Lisboa e Madri devem ter ligação direta em até 3 horas em 2034 Governo da República Portuguesa

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

O governo de Portugal anunciou a decisão de antecipar a ligação ferroviária de alta velocidade entre Lisboa e Madri. Com esforços conjuntos de Portugal e Espanha, a conclusão da linha está prevista para daqui a 10 anos, em 2034.

Quando pronta, a ligação direta entre as duas capitais poderá ser realizada em três horas. O trem de alta velocidade também diminuirá o tempo de viagem entre Porto e Lisboa para 1h15.

Segundo o governo português, a decisão de acelerar a construção “reside na necessidade de descarbonização dos transportes, na transferência para modos de transporte energeticamente mais eficientes, no desenvolvimento econômico e na coesão territorial e social.”

Com isso, a nova linha deverá ser uma forte alternativa ao transporte aéreo. Atualmente são cerca de 40 voos diários entre Lisboa e Madri e 20 entre Lisboa e Porto.

O anúncio foi feito em maio durante o Conselho de Ministros de Portugal.

Viagens mais rápidas

A ligação de alta velocidade terá total complementaridade com a rede ferroviária convencional de Portugal e com a rede ferroviária espanhola junto à fronteira.

Alguns trechos entre cidades dentro dos dois países já estão sendo construídos, como as ligações entre Évora e Elvas, em Portugal, prevista para entrar em operação em 2025, e Placencia e Talayuela, na Espanha.

Até 2027, o governo português prevê que o tempo de percurso direto entre Lisboa e Madri seja reduzido para seis horas. Quando o percurso estiver totalmente operacional serão três horas. Hoje um dos trajetos ferroviários mais rápidos entre as duas capitais pode levar cerca de nove horas e envolve duas trocas de trem.

Dentro de Portugal, o percurso de Lisboa a Elvas, cidade no Alentejo próxima à fronteira com a Espanha, será realizado em duas horas em 2025 e em uma hora em 2034.

Novo aeroporto de Lisboa

Avião da TAP no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa
Em Lisboa, Aeroporto Humberto Delgado deverá ser substituído pelo Aeroporto Luís Camões / Gustavo H. Braga/Flickr

Entre as decisões do Conselho de Ministros, o local e o nome do novo aeroporto de Lisboa também foram anunciados.

O Aeroporto Luís de Camões deverá substituir o atual Aeroporto Humberto Delgado e ficará em Alcochete, do outro lado do Rio Tejo, a cerca de 40 km de Lisboa.

Por enquanto, o modelo da construção terá duas pistas, com a primeira prevista para ser construída em 2030 e a segunda no ano seguinte. Há possibilidade de expansão para até quatro pistas e tráfego de passageiros estimado em mais de 100 milhões em 2050.