Festival de Inverno de Campos do Jordão recebe orquestras internacionais pela 1ª vez

Na 54ª edição, o evento ocorre em três locais de Campos e em dois na cidade de São Paulo; veja como retirar ingressos

Festival de Inverno de Campos do Jordão recebe orquestras internacionais pela primeira vez
Festival de Inverno de Campos do Jordão recebe orquestras internacionais pela primeira vez Íris Zanetti

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

O Festival de Inverno de Campos do Jordão, o maior de música clássica da América Latina, recebe orquestras internacionais pela primeira vez entre 29 de junho e 28 de julho. Na 54ª edição, o evento ocorre em três locais de Campos e em dois na cidade de São Paulo.

Com mais de 60 concertos, o festival acontece na Sala São Paulo e na Universidade Presbiteriana Mackenzie na capital paulista. Em Campos do Jordão, no Auditório Claudio Santoro, no Parque Capivari e no Palácio Boa Vista. Os ingressos precisam ser retirados com três dias de antecedência de cada apresentação até ao meio-dia. Todas as entradas são gratuitas.

Realizado pela Fundação Osesp e pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, o evento recebe o Chile, a Colômbia e Uruguai neste ano. Além de conjuntos sinfônicos do estado de São Paulo, grupos da câmara (trios, quartetos, quintetos) da Inglaterra e da Suíça também estão confirmados.

Toda a programação tem recursos de acessibilidade, como audiodescrição em todos os shows e interpretação em Libras de apresentações com coro e voz. Nos dias 7, 21 e 28 de julho, há transmissão dos shows no YouTube do festival.

Bolsa de estudos

O programa de aprimoramento Módulo Pedagógico, realizado pelo próprio festival, selecionou 137 jovens instrumentistas e regentes para ganharem bolsas de estudos integrais e estudarem durante o evento.

É possível assistir às apresentações dos bolsistas tanto em Campos de Jordão, quanto em São Paulo. Eles atuam em obras-primas, como “La Mer”, do compositor francês Claude Debussy, e também tocam com orquestras, como a Orquestra Sinfônica de Ñuble e a Juvenil Nacional do Sodre de Montevidéu.

Ao final do curso, há a entrega de diversos prêmios, sendo o maior deles o Eleazar de Carvalho. Neste ano, o festival seleciona o músico que mais se destacar para ganhar uma bolsa de estudos no valor de US$ 1400 mensais (cerca de R$ 7,5 mil). Com o traslado entre o Brasil e o exterior sendo pago pela organização, o escolhido pode estudar por até nove meses em uma instituição estrangeira de sua escolha.

Com bolsas na Academia de Música da Osesp, a Fundação pode premiar outros bolsistas que se destacarem nas atividades.

Serviço

Quando? 29 de junho a 28 de julho de 2024

Quanto? Entrada gratuita

Onde? Auditório Claudio Santoro, Sala São Paulo e Universidade Presbiteriana Mackenzie

Ingressos e locais:

  • Auditório Claudio Santoro, Sala São Paulo e Universidade Presbiteriana Mackenzie: Retirada de ingressos neste link três dias antes de cada apresentação, ao meio-dia, tendo o limite de quatro por pessoa. Há cota de 100 ingressos para serem retirados no dia de cada apresentação na Sala São Paulo e no Auditório Claudio Santoro. Estarão disponíveis uma hora antes dos concertos;
  • Capela São Pedro Apóstolo: distribuição de ingressos presencial, 1h antes, na entrada da Capela. Apenas dois ingressos por pessoa;
  • Parque Capivari: entrada livre.