Onde se hospedar em Alter do Chão: 3 pousadas cheias de charme na vila e região

No meio da natureza, hospedagens unem simplicidade e elegância com bangalôs e chalés, em que o maior luxo é ouvir os sons da natureza e relaxar

Daniela Filomeno no Bangalôs da Selva, hospedagem anexa ao restaurante Casa do Saulo entre Alter do Chão e Santarém
Daniela Filomeno no Bangalôs da Selva, hospedagem anexa ao restaurante Casa do Saulo entre Alter do Chão e Santarém CNN Viagem & Gastronomia

Daniela Filomenodo Viagem & Gastronomia Alter do Chão, Santarém, Pará

Em Alter do Chão, o luxo é ouvir o som da floresta, observar o vai e vem dos barquinhos pelo Rio Tapajós e aproveitar toda a calma e sabedoria que a natureza dá.

Tudo isso é melhor aproveitado em pousadas cheias de charme pela região, que unem rusticidade e elegância nas acomodações rodeadas pelo verde. Elas oferecem café da manhã com iguarias locais e frutos amazônicos, cantinhos de relaxamento e até jacuzzis privativas.

Como Alter do Chão é um distrito de Santarém, cidade que recebe voos diretos de algumas capitais brasileiras, é possível consultar com as pousadas indicações de motoristas para o transfer até as hospedagens, com trajeto que dura menos de uma hora a partir do aeroporto. Uma vez na pousada, é hora de escutar os pássaros pela manhã e conhecer a região sem pressa.

Confira a seguir três pousadas cheias de charme pela região de Alter do Chão e se encante com as belezas paraenses:

Vila de Alter

Área de relaxamento da pousada Vila de Alter, em Alter do Chão
“Ofurô amazônico” na Vila de Alter: barquinho cheio d’água é opção para relaxamento na pousada / Reprodução/Instagram/@viladealter

Uma das primeiras pousadas boutique do Pará, a Vila de Alter é referência quando o assunto é uma hospedagem elegante e serena na região do Rio Tapajós. Inspirada em um vilarejo ribeirinho, a pousada é como uma casa na floresta, onde ambientes integrados à natureza são puro charme aliados a uma experiência marcada pela tranquilidade.

São sete acomodações ao todo, com bangalôs que variam de 35 a 42 m² e uma casa com 83 m², todos construídos com madeira reflorestada. A única refeição inclusa nas diárias é o café da manhã, que muda diariamente.

A pousada conta ainda com vários cantinhos especiais, como espaço para yoga e leitura, cafeteria para lanches rápidos, local para massagens com o verde ao redor, lojinha com peças indígenas e mimos de designers locais e até “ofurô amazônico”, um pequeno barco cheio de água em temperatura ambiente para relaxar os pés.

A Vila de Alter fica a apenas 1,4 km do centrinho de Alter do Chão e disponibiliza bicicletas para hóspedes adultos.

Vila de Alter: Rua do Sol, 282 – Pefu – Alter do Chão, Santarém – Pará / Tel.: (93) 99212-2338 / Reservas via site.

Villa Arumã

Quarto e jacuzzi do Chalé Muúba da pousada Villa Arumã, em Alter do Chão
Chalé Muúba da Villa Arumã conta com ampla varanda, jacuzzi particular e acomoda até 4 pessoas / Reprodução/Site

A cerca de 1,5 km do centrinho de Alter está a Arumã, pousada de proprietários paulistanos que frequentam a vila desde os anos 2000. Eles recebem hóspedes em sete chalés, que diferem um do outro e podem ter jacuzzi, varandas cobertas, espelho d’água e até cozinha.

Na área comum há um mirante com vistas para uma parte do Lago Verde e para a Serra da Piraoca, duas das atrações turísticas e naturais do pedaço. Bicicletas também estão disponíveis para os hóspedes.

O café da manhã está incluso na diária, com foco em sabores típicos da Amazônia, com frutos e preparos locais. Um bolinho da tarde é servido diariamente e crepiocas, tapiocas, vitaminas e sucos podem ser pedidos à parte – a hospedagem não oferece almoço nem jantar.

Anexo à pousada fica o Arumã Lodge, opção com acomodações mais econômicas, mas que não abre mão do sossego e do conforto.

Villa Arumã Pousada: Estácio Fonseca, s/n – Alter do Chão, Santarém – Pará / Tel.: (93) 99129-4074 / Reservas via site.

Bangalôs da Selva – Casa do Saulo

Os Bangalôs da Selva ficam anexos ao restaurante Casa do Saulo Tapajós, restaurante imperdível em Alter liderado pelas mãos do chef e empreendedor Saulo Jennings, que aqui aumenta seu leque de hospitalidade na região e recebe hóspedes em 10 bangalôs de selva debruçados na margem do Rio Tapajós entre Santarém e Alter do Chão.

Ligados por plataformas de madeira acima do chão, os bangalôs de madeira nos integram à natureza, têm vista para as águas e alguns possuem até piscina privativa e jacuzzi externa. Frutas e peixes fresquinhos, servidos nas mesas da pousada ou do restaurante, aumentam o vocabulário amazônico e aguçam os sentidos dos hóspedes.

Objetos de decoração de artistas locais são detalhes que merecem destaque, assim como a fauna e a flora local surpreendem os visitantes a qualquer momento do dia: entre as árvores, seja na área comum com direito a piscina ou nas acomodações, não é difícil avistar macacos e preguiças, que estão de passagem entre os galhos.

Bangalôs da Selva – Casa do Saulo: Rodovia Interpraias, Km 7,5, Santarém, Pará / Tel.: (93) 9916-11263 / Mais informações pelo Instagram.