Pela primeira vez no Brasil, prestigiado grupo barroco Arcangelo se apresenta no Rio e em SP

Na capital paulista, orquestra traz bandolinista israelense como convidado em apresentação em prol da TUCCA, associação para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer

Jonathan Cohen, fundador do grupo Arcangelo, rege o conjunto em festival em Londres em 2018
Jonathan Cohen, fundador do grupo Arcangelo, rege o conjunto em festival em Londres em 2018 Chris Christodoulou

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia São Paulo, SP

O grupo inglês Arcangelo, um dos mais prestigiados conjuntos de música barroca do mundo, vem ao Brasil pela primeira vez para duas apresentações em solo nacional, uma no Rio e outra em São Paulo.

Na capital fluminense, o grupo se apresenta no sábado (12), no Theatro Municipal. Já na segunda-feira (14), a apresentação em São Paulo acontece na Sala São Paulo, a partir das 20h30.

O espetáculo na capital paulista integra a série “Concertos Internacionais” promovidos pela Tucca (Associação para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer).

A verba arrecadada é destinada ao ambulatório da Tucca em parceria com o Hospital Santa Marcelina, na Zona Leste de São Paulo. Os ingressos estão disponíveis aqui.

Convidado especial

Para as apresentações em solo nacional, o conjunto traz como convidado o bandolinista israelense Avi Avital, primeiro solista de bandolim a ser indicado a um Grammy clássico.

A programação conta com peças convertidas para o bandolim de Antonio Vivaldi e Johann Sebastian Bach, dois dos maiores compositores do barroco.

O bandolinista israelense Avi Avital é o convidado nas apresentações do grupo Arcangelo pelo Brasil / Christoph Köstlin

O grupo Arcangelo também apresenta o “Concerto de Brandenburg n. 3”, de Bach. Vale destacar que cada um dos concertos têm uma formação diferente, e a escolhida para a apresentação na Sala São Paulo utiliza apenas cordas – violino, viola e violoncelo – e o cravo, todos tocando as mesmas partes, solos e tutti.

O grupo

Fundado em 2010, o grupo Arcangelo é liderado pelo diretor artístico Jonathan Cohen. Recebeu uma indicação ao prêmio Grammy em 2018 e também foi o primeiro grupo barroco a ser residente do Wigmore Hall, sala de concertos construída em 1901 em Londres.

Além da Sala São Paulo e do Theatro Municipal do Rio, ao longo da última década a orquestra já subiu nos principais palcos do mundo, como o Carnegie Hall, em Nova York, o Philharmonie, em Berlim, e o Musikverein, em Viena.

Tucca Internacional: Avi Vital e Arcangelo Orchestra
Apresentação em São Paulo: 14 de agosto, às 20h30, na Sala São Paulo – Praça Júlio Prestes, 16 – Campos Elíseos, São Paulo – SP / Ingressos via site.