Penhasco à beira-mar mais alto da Europa ganha rota para fãs de turismo de aventura

Montanha Hornelan, na Noruega, tem 860 metros de altura; Empresa oferece três rotas diferentes para escalar o pico com vistas incríveis para os fiordes noruegueses

A montanha Hornelen, na Noruega, está agora aberta aos caçadores de adrenalina corajosos o suficiente para enfrentar sua nova rota de escalada via ferrata
A montanha Hornelen, na Noruega, está agora aberta aos caçadores de adrenalina corajosos o suficiente para enfrentar sua nova rota de escalada via ferrata Sverre Hjornevik/Visit Nordfjord

Francesca Streetda CNN

Vistas espetaculares das montanhas cobertas de neve, águas cristalinas que se estendem abaixo de penhascos íngremes.

A imponente montanha Hornelen, na costa oeste da Noruega, está agora aberta aos caçadores de adrenalina com os nervos de aço necessários para enfrentar sua nova rota de escalada via ferrata.

Via ferrata traduz do italiano para o português como “caminho de ferro” – é um termo usado para descrever rotas de escalada de montanha que usam cabos de aço e escadas fixas para ajudar os alpinistas.

A montanha Hornelan tem 860 metros de altura e é reivindicada pelo conselho de turismo Fjord Norway como o penhasco marítimo mais alto da Europa. Do seu pico, Hornelen oferece panoramas espetaculares dos arredores dos fiordes noruegueses.

“A adrenalina olhando para baixo entre suas botas de escalada e vendo navios no fiorde passando a mais de 600 metros abaixo de você é incomparável”, disse Rogier van Oorschot, o homem por trás da nova rota de escalada, à CNN.

A nova rota de escalada é a visão de van Oorschot – ele trabalha no projeto há nove anos. A construção começou no verão passado e a via ferrata foi inaugurada oficialmente em 18 de junho de 2023. Ele agora está operando visitas guiadas por meio de sua empresa, Hornelen Via Ferrata.

Três rotas diferentes

Hornelen tem três rotas via ferrata diferentes de vários níveis de dificuldade / Norges Boltefond/Hornelen Via Ferrata/Visit Nordfjord

Hornelen está localizada na ilha de Bremangerlandet, na região de Nordfjord, na Noruega. Acredita-se que a montanha, infame na mitologia norueguesa como um local de encontro para bruxas, tenha sido escalada pelo rei Olaf I da Noruega, que governou o país de 995 a 1000.

Aqueles que desejam seguir os passos de Olaf pela via ferrata podem escolher entre três rotas de diferentes níveis de dificuldade: Ørnelia (Colina da Águia), Hekseveggen (A Muralha das Bruxas) e Olavsrute (Rota de Olaf).

A Colina da Águia é a mais fácil dos três, descrito por Kristoffer B. Fürstenberg, diretor de comunicações da Fjord Norway, como “uma boa introdução à via ferrata – uma subida fácil de duas horas” e adequado para crianças acima de 12 anos. A subida para a colina custa 1.095 coroas norueguesas (cerca de US$ 102) por pessoa. O preço é o mesmo para adultos e crianças.

Escalar um penhasco íngreme não é para os fracos de coração, mas as escadas e degraus de aço ajudam os alpinistas em seu caminho / Norges Boltefond/Hornelen Via Ferrata/Visit Nordfjord

O próximo é a Muralha das Bruxas, que é uma “subida desafiadora média de seis horas” adequada para maiores de 14 anos. Esta rota custa 1.495 coroas (cerca de US$ 139) por pessoa.

A rota de Olaf segue até o topo, e é o mais difícil, indicado apenas para maiores de 16 anos e em boa forma física. Custa 1.695 coroas (cerca de US$ 158) por pessoa. A rota de Olaf dura o dia todo, mas recompensa aqueles que perseveram com o que Fürstenberg chama de “vista extraordinária”.

“Você tem o oceano 860 metros abaixo de seus pés”, disse ele à CNN. “À esquerda, você vê o oceano grande e aberto, as ilhas, as aldeias do fiorde, os braços estreitos do fiorde, as montanhas cobertas de neve e as geleiras mais adiante nos fiordes. Não acho que você possa encontrar nenhum outro lugar onde veja tudo isso ao mesmo tempo”.

A via ferrata de Hornelen oferece vistas incríveis ao longo do caminho até o topo / Norges Boltefond/Hornelen Via Ferrata/Visit Nordfjord

A Hornelen Via Ferrata diz que está empenhada em garantir a segurança dos escaladores, pedindo aos viajantes que declarem previamente quaisquer condições médicas e fornecendo um arnês, que é um conjunto via ferrata – que inclui dois mosquetões e um amortecedor – e um capacete para cada escalador.

“Os guias fornecem curso e demonstrações de segurança antes da viagem e garantem que todos estejam seguros durante todo o percurso”, diz Fürstenberg.

Mais informações sobre como se preparar e o que levar estão disponíveis no site da Hornelen Via Ferrata.

A Hornelen Via Ferrata está aberta apenas para escaladas guiadas há alguns dias – a primeira ocorreu em 23 de junho – mas van Oorschot diz que o feedback já foi “impressionante”.

“A inclinação desta rocha que se eleva do mar e a vista aberta sobre os fiordes é o que surpreende a todos”, diz ele.

Conheça quais são os melhores esportes de aventura e onde praticar.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original