Turistas internacionais gastam mais de R$ 18 bilhões no Brasil no primeiro semestre

Resultado só não é melhor do que 2014, ano de Copa do Mundo no país; Argentina, EUA e Paraguai foram os maiores emissores de viajantes para o território nacional

São Paulo lidera estado por onde mais entraram turistas internacionais no país; na foto, terminal do Aeroporto Internacional de Guarulhos
São Paulo lidera estado por onde mais entraram turistas internacionais no país; na foto, terminal do Aeroporto Internacional de Guarulhos Wikimedia Commons

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia São Paulo, SP

Os gastos de turistas internacionais no Brasil de janeiro a julho deste ano somaram US$ 3,796 bilhões, aproximadamente R$ 18,6 bilhões, segundo dados do Banco Central (Bacen) divulgados na sexta-feira (25) passada.

Os números apontam ainda que, no último mês de julho, os viajantes estrangeiros deixaram US$ 567 milhões no país, o equivalente a aproximadamente R$ 2,77 bilhões.

O cenário representa o segundo melhor resultado da série histórica: o melhor momento até agora foi 2014, ano em que a Copa do Mundo de futebol foi realizada no Brasil.

Em comparação a 2019, ano de pré-pandemia, o gasto acumulado por turistas estrangeiros neste primeiro semestre teve um aumento de 3,32%.

Ranking de turistas internacionais no Brasil

Os cinco maiores emissores de turistas para o Brasil durante o período são da América do Sul, incluindo países vizinhos ao território nacional, com exceção dos Estados Unidos.

No total, mais de 3,2 milhões de turistas internacionais estiveram no Brasil no primeiro semestre deste ano, número que representa 92% do total de visitantes estrangeiros que o país recebeu durante todo o ano de 2022, quando foram registradas 3,6 milhões de pessoas.

De acordo com o Ministério do Turismo, o maior número de turistas internacionais no Brasil no primeiro semestre veio da Argentina, com 1,3 milhão de pessoas.

Turistas dos Estados Unidos aparecem em segundo lugar, com 327 mil visitantes, e o Paraguai ocupa o terceiro lugar com 233 mil indivíduos.

São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina são os estados brasileiros por onde mais entraram viajantes internacionais no país.

Confira os maiores emissores de turistas para o Brasil no primeiro semestre de 2023:

  1. Argentina (1,3 milhão de turistas)
  2. Estados Unidos (327 mil turistas)
  3. Paraguai (233 mil turistas)
  4. Chile (223 mil turistas)
  5. Uruguai (199 mil turistas)