Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polestar 2 ganha mais alcance para enfrentar Tesla Model 3 e pode vir ao Brasil

    Marca é a "filha" esportiva da Volvo e anunciou que iniciará operações no Brasil em 2025, mas ainda não informou com quais modelos

    Polestar 2
    Polestar 2 Polestar/Divulgação

    João Vitor Ferreiracolaboração para a CNN

    O Polestar 2 está ganhando mais destaque nos mercados onde atua. Mas se esse carro não lhe é familiar, é possível que ele passe a ser a partir do ano que vem, já que a marca, que surgiu como uma preparadora esportiva da Volvo, anunciou que iniciará suas operações no Brasil a partir de 2025 como parte de sua “expansão global”.

    No entanto, a Polestar ainda não disse quais dos seus modelos serão vendidos no mercado brasileiro. Dentre as poucas opções – apenas 3 – de carros que a marca pode trazer, o mais barato deles, o Polestar 2, acaba de ganhar novidades. A ação no mercado europeu visa desbancar o Model 3, da Tesla.

    A principal das novidades é o aumento na autonomia, que deixa o Polestar 2 até 5% mais eficiente que o seu rival da Tesla. O carro possui novas baterias de 70 kWh da CATL, que fizeram o alcance da versão básica, Standard Range Single Motor, ir de 546 km para 554 km, de acordo com o ciclo WLTP.

    A versão Long Range Single Motor também ganhou um pouco mais de autonomia, 6 km ao todo, chegando agora aos 659 km (WLTP).

    A atualização do PS2 já chegou no Canadá e Europa, onde custará a partir de 53.400 euros (cerca de R$ 316.512,48). Nos Estados Unidos, a estreia deve ficar para o final do ano.

    O que é o Polestar 2 e quais os outros modelos da marca?

    O Polestar 2 é o veículo de entrada da marca, com origem como uma preparadora da Volvo, por isso seus carros compartilham muito da linguagem visual da linha principal, com os faróis e lanternas do “pé de boi”, que lembram muito o conjunto óptico dos Volvo EX30 e EX90.

    Outro destaque do modelo é a sua carroceria crossover. Esse termo não é muito usado no Brasil, mas na Europa ele designa carros com uma carroceria que fica no meio termo entre um sedã e um SUV.

    Ao todo o carro mede 4,60 m de comprimento, 1,89 m de largura, 1,47 de altura e 2,73 de entre-eixos. É basicamente as mesmas proporções de um Honda Civic.

    Quanto a motorização, as versões Standard e Long Range tem 272 cv e 299 cv, respectivamente. Há também a versão Dual Motor Long Range, que com seus dois motores chega aos 421 cv. Se ela for equipada com o pacote Performance opcional, a potência sobe para 476 cv.

    Polestar 3
    Polestar 3 / Divulgação/Polestar

    Por dentro, é possível ver mais inspirações na Volvo. O painel segue o minimalismo típico da marca, com poucos botões. Enquanto a tela vertical 11,2’’ com Google integrado, o quadro de instrumentos digital de 12,3’’ e até o volante são iguais aos dos modelos Volvo vendidos no Brasil.

    De fábrica, o Polestar 2 traz sistemas ADAS com funções como frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres, controle de cruzeiro adaptativo e monitoramento de ponto cego. Itens voltados para o conforto como aquecimento para o volante e banco traseiro são vendidos como opcionais.

    Acima dele, há o Polestar 3, que é basicamente uma versão mais esportiva do EX90. Ambos tem configuração para sete lugares, com até 517 cv e 92,8 kgfm. Autonomia é sempre acima dos 550 km, mas pode chegar até os 650 km, dependendo da versão.

    Polestar 4
    Polestar 4 / 4

    A diferença é que o PS3, em sua versão mais potente, vai de 0 a 100 km/h em 3,7 s e chega aos 210 km/h de máxima, enquanto Volvo faz o sprint em 4,3 s e não passa dos 180 km/h.

    Por fim, o Polestar 4 é um SUV cupê, que por sua vez, ocupa a mesma faixa de preço do XC40. A mais potente tem dois motores e entre 544 cv e 64,47 kgfm, podendo ir de 0 a 100 km/h em 3,8 s. Porém, sua autonomia é de 590 km.

    Por outro lado, a versão com um motor de 272 cv e 34.97 kgfm, troca desempenho por mais alcance, podendo rodar até 620 km com apenas uma carga da bateria.

    Apesar do nome, o Polestar 3 três é o mais caro da linha, custando a partir de 84.700 euros (R$ 502 mil). Na base temos o Polestar 2, que parte dos 53.400 euros (R$ 316.512,48). Por fim, o intermediário Polestar 4 custa a partir de 68.000 euros (R$ 403 mil).

    Polestar 5
    Polestar 5 / Divulgação/Polestar

    Agora, a Volvo pretende lançar o Polestar 5, um sedã luxuoso que terá potência de 880 cv, aproximadamente. O modelo, porém, só deve estrear em 2025, mesmo ano em que a marca chegará ao Brasil.

    Por enquanto, todos são candidatos, mas o Polestar 5 tem maiores chances, já que é normal montadoras de luxo trazerem sempre seus modelos mais caros para o Brasil. Com a chegada da Polestar, teremos três montadoras da mesma família no Brasil, já que tanto Volvo quanto a Zeekr — essa que estreará ainda em 2024 — pertencem à chinesa Geely.

    Carros elétricos perdem alcance no calor extremo, diz estudo