Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Raquel Landim

    Raquel Landim

    Com passagens pelos principais jornais do país como repórter especial e colunista, recebeu o prêmio “Jornalista Econômico” de 2022 pela Ordem dos Economistas do Brasil

    Mercadante diz a interlocutores que foi convidado para a Petrobras

    Presidente Lula não pretende decidir a troca na estatal sob pressão e uma solução definitiva pode ficar apenas para a semana que vem

    Mercadante diz a interlocutores que foi convidado para a Petrobras
    Mercadante diz a interlocutores que foi convidado para a Petrobras

    O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, disse a pessoas da sua equipe no banco e a interlocutores na Petrobras que foi convidado pelo presidente Lula para assumir a estatal, informaram à CNN fontes a par do assunto.

    Uma das pessoas procuradas por Mercadante foi o próprio presidente da Petrobras, Jean Paul Prates. A conversa ocorreu no Rio de Janeiro.

     

    Segundo essas fontes, Lula, no entanto, ainda não bateu o martelo e estava apenas sondando o auxiliar, que se colocou à disposição. Procurada, a assessoria de imprensa de Mercadante não confirma o convite. Prates também não comentou.

    Ontem, Lula não conseguiu se reunir com Mercadante, porque estava em viagem para Pernambuco. Segundo apurou a CNN, o presidente pode chamar Mercadante e Prates para uma conversa ainda hoje ou no fim de semana. Mercadante tem boas chances de assumir, dizem fontes no Planalto.

    A substituição de Jean Paul Prates no comando da Petrobras também está pendente de uma conversa dele com Lula. Prates pediu a reunião porque ficou incomodado com a fritura pública feita pelo ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e pela conversa com Mercadante, apurou a CNN.

    O presidente já pediu a Prates e Silveira  que se entendessem, porque a disputa de poder entre os dois vem prejudicando a companhia. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, está atuando como mediador.

    O mercado não recebeu bem o nome de Mercadante, que é visto com mais intervencionista do que Prates, mas a perspectiva de pagamento de dividendos extras diluiu as perdas.

    Caso Mercadante realmente acabe assumindo a Petrobras, o ex-ministro Nelson Barbosa está cotado para o comando do BNDES.