Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prates ironiza saída da Petrobras com conversa de WhatsApp: “Agenda cheia”

    Possibilidade de troca no comando da empresa ganhou força após Prates pedir uma conversa definitiva com o presidente Lula

    Douglas Portoda CNN*

    São Paulo

    O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, ironizou, nesta quinta-feira (4), a possibilidade de sair da empresa com uma postagem no X, antigo Twitter, Na mensagem, ele cita sempre ter a agenda cheia.

    Ele compartilhou a imagem de uma conversa de WhatsApp em que alguém pergunta: “Jean Paul vai sair da Petrobrás?”

    Outra pessoa, então, responde: “Acho que após às 20h02. Vai pra casa jantar… E amanhã, às 7h09, ele estará de volta na empresa, pois sempre tem a agenda cheia.”

    A possibilidade de troca no comando da Petrobras ganhou força hoje após rumores de que Prates teria pedido uma conversa definitiva com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    O executivo estaria incomodado com uma sequência de desentendimentos com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e considerou deixar o cargo.

    Um dos principais pontos que Prates pretende levar a Lula, segundo apurou a analista da CNN Clarissa Oliveira, é a suposta interferência de Silveira sobre o conselho da companhia.

    O executivo, segundo pessoas próximas, teria se queixado de temas de interesse da empresa não serem pautados sem que haja anuência prévia do ministro.

    *Com informações de Danilo Moliterno e Pedro Teixeira