Na reabertura, loja de roupas coloca peças trocadas em 'quarentena'

As peças de vestuário trocadas pelos consumidores, a partir de agora, terão de passar por uma quarentena de 48 horas

Talis Mauricio Da CNN, em São Paulo
11 de junho de 2020 às 19:44

A pandemia do novo coronavírus está mudando as formas de relacionamento na sociedade.

E não será diferente para quem for a um shopping center, local que costuma ter uma grande aglomeração de pessoas.

Em meio à reabertura dos shoppings em São Paulo, a CNN foi nesta quinta-feira (11) até uma loja de roupas de um shopping na zona sul de São Paulo para conferir os protocolos de segurança que serão adotados.

A grande novidade adotada é que as peças trocadas pelos consumidores, a partir de agora, terão de passar por uma quarentena de 48 horas, medida adotada para evitar a proliferação da Covid-19.

Também são adotadas medidas como distanciamento dos clientes para os caixas e uso de álcool gel.

O primeiro dia de reabertura dos shoppings na capital paulista teve filas e movimento intenso, após quase três meses de portas fechadas.

São Paulo está na fase laranja da quarentena, que permite que lojas, concessionárias, escritórios e imobiliárias funcionem sob restrições.