Em plena crise, Ibovespa tem melhor resultado trimestral em mais de 20 anos

Analistas dizem que o rali é gerado pela injeção de bilhões de dólares pelos bancos centrais na economia

Fernando Nakagawa
Por Fernando Nakagawa, CNN  
01 de julho de 2020 às 07:11 | Atualizado 01 de julho de 2020 às 07:14
Capa do podcast Abertura de Mercado
Foto: CNN Brasil

Índice subiu 30% no segundo semestre de 2020, o melhor resultado desde 1997. A Bolsa de Nova York também teve o seu melhor desempenho desde 1998. O S&P 500 subiu pouco mais de 20% no acumulado de abril, maio e junho, o que ocorre em meio à crise econômica gerada pela pandemia.

No episódio de hoje:

- A Bolsa de Nova York nunca teve um segundo trimestre tão bom desde 1998;
- O S&P 500 subiu pouco mais de 20% no acumulado de abril, maio e junho, o que ocorre em meio à crise econômica gerada pela pandemia;
- Analistas dizem que o rali é gerado pela injeção de bilhões de dólares pelos bancos centrais na economia;
- O Ibovespa seguiu a tendência e subiu 30% no período, o melhor resultado desde 1997;
- No câmbio, o período terminou com alta do dólar de 4,7%. A moeda já ficou 35% mais cara no ano;
- O setor aéreo teve uma série de demissões nas últimas horas;
- A Air France-KLM anunciou a demissão 7,5 mil funcionários enquanto a Airbus dispensou 15 mil colaboradores, o maior corte desde a criação da empresa;
- A Air Canada, que já havia demitido 20 mil pessoas, anunciou que vai cancelar 30 rotas regionais e fechar 8 aeroportos no interior do Canadá;
- Entregadores de aplicativo preparam uma greve nacional para esta quarta-feira (1);
- Entre as reclamações estão a adoção de uma taxa fixa mínima por entrega, remuneração por quilômetro rodado e ajuda de custo para compra de itens de proteção contra a Covid-19;
- As empresas rejeitam muitas das reclamações e argumentam que, na média, pagam mais que um salário mínimo;
- Defendem também que o Estado converse com os entregadores para encontrar as melhores práticas;
- A Microsoft lançou uma iniciativa global para treinar 25 milhões de pessoas ainda em 2020;
- A ideia é mapear as necessidades das empresas e preparar pessoas para suprir essa demanda, também ajudando a diminuir o impacto econômico da pandemia;
- AGENDA: CNI divulga às 10h os indicadores industriais de maio;
- Nos EUA, serão conhecidos os dados da PMI industrial às 10h45.