Ações de Pfizer e BioNTech sobem com avanço no desenvolvimento de vacina

Primeira fase de testes tem resultados positivos na produção de resposta do sistema imunológico dos cobaias

Do CNN Brasil Business, em São Paulo
20 de julho de 2020 às 13:11 | Atualizado 20 de julho de 2020 às 13:23
Imagem ilustrativa de vacina contra a Covid-19: notícias impulsionam as cotações
Foto: Dado Ruvic - 22.mai.2020/Reuters

Notícias positivas sobre o desenvolvimento de uma vacina para o novo coronavírus estão impulsionando as ações da farmacêutica americana Pfizer e da empresa de biotecnologia alemã BioNTec nesta segunda-feira (20). As ações da BioNTec subiam 5,15% na Nasdaq, e as da Pfizer, 0,37% na bolsa de Nova York, às 12h45. Os papéis operam com valorização desde a abertura do mercado.

As duas companhias, que desenvolvem uma vacina em conjunto, relataram dados adicionais dos testes de sua vacina experimental. Os resultados mostraram que a vacina é segura e induz resposta imunológica nos pacientes tanto na produção de anticorpos quanto na ação de células T, que também são responsáveis pela imunidade celular no organismo.

Além disso, o governo britânico anunciou que fechou um acordo para obter 30 milhões de doses da vacina da Pfizer com a BioNTech se ela se mostrar bem-sucedida. Os termos financeiros não foram divulgados.

Leia também:
Pfizer e BioNTech dizem que vacina é segura e induz resposta imunológica
O que se sabe sobre a vacina da empresa Moderna contra a Covid-19
Vacina para Covid-19 da Moderna tem resultados 'promissores' em estudo da fase 1

Foi o primeiro acordo de fornecimento da vacina que as duas companhias acertaram. 

O plano delas é produzir 100 milhões de doses de vacina até o fim de 2020 e outro 1,2 bilhão de doses ao longo do próximo ano caso a vacina seja eficaz e receba aprovação das agências de saúde.

(Com a Reuters)

(Edição de Marcelo Sakate) 

Clique aqui e siga a página do CNN Brasil Business no Facebook