Microsoft tem receita acima do esperado pelo mercado no 2º trimestre

As vendas do braço de computação em nuvem da gigante de tecnologia cresceram abaixo de 50% pela primeira vez

Da Reuters
22 de julho de 2020 às 18:07 | Atualizado 22 de julho de 2020 às 18:10
Microsoft

Fachada da sede da Microsfot: empresa reportou números fortes no segundo trimestre

Foto: Reuters/Mike Blake

A Microsoft reportou nesta quarta-feira que seu produto de computação em nuvem Azure teve crescimento de vendas abaixo de 50% pela primeira vez, enquanto a companhia como um todo teve receita trimestral acima das expectativas do mercado.

A receita do segmento Intelligent Cloud cresceu 17%, para US$ 13,4 bilhões, com um aumento de 47% no Azure. Os analistas esperavam, em média, receita de US$ 13,09 bilhões, segundo dados IBES da Refinitiv.

Leia também:
Amazon, Apple e Microsoft rumo aos US$ 2 trilhões?
Em meio à pandemia, Microsoft inicia ano fiscal com corte de empregos

A receita da divisão de computação pessoal da companhia, aumentou 14%, para US$ 12,9 bilhões, superando as estimativas dos analistas de US$ 11,46 bilhões. A unidade inclui o sistema operacional Windows, o console de videogames Xbox, publicidade online e computadores pessoais Surface.

O lucro líquido da Microsoft caiu para US$ 11,20 bilhões, ou US$ 1,46 por ação, ante US$ 13,19 bilhões, ou US$ 1,71 por ação, um ano antes.

A receita aumentou 13%, para US$ 38,03 bilhões no quarto trimestre encerrado em 30 de junho, superando as estimativas de US$ 36,5 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook